Portal da Cidade Umuarama

ESPORTE

Em parceria com Unipar, Umuarama terá escolinha de futebol do PSG

Paris Saint-Germain (PSG), time do jogador Neymar, anunciou a criação de uma escola de futebol do clube francês em Umuarama

Postado em 11/03/2019 às 17:19 |

Projeto terá o apoio institucional do município, assegurado pelo prefeito (Foto: Tiago Boeing / PMU)

O prefeito Celso Pozzobom recebeu na manhã desta segunda-feira, 11, em seu gabinete, o diretor executivo de Gestão de Assuntos Comunitários da Universidade Paranaense (Unipar), Cássio Eugênio Garcia, acompanhado do representante do Paris Saint-Germain (PSG) – time do reconhecido jogador brasileiro Neymar –, François Marie Dominique Marot, que anunciou a criação de uma escola de futebol do clube francês em Umuarama, em parceria com a universidade. O projeto terá o apoio institucional do município, assegurado pelo prefeito.

O diretor executivo da Unipar disse que além de treinamento esportivo de alto nível, a escola também oferecerá cidadania, possibilidade de intercâmbio e de cursar o ensino superior como bolsista, “além da chance de descobrir um talento e brilhar no futebol profissional em um dos grandes clubes mundiais”, apontou Garcia. Ele elogiou a gestão atual, pois iniciativas voltadas à educação, cuidado com as praças esportivas, e disse que a escola de futebol terá espaço para alunos da rede pública municipal e estadual, a partir dos 8 anos.

Pozzobom destacou o trabalho que a administração já vem realizando com cerca de 800 crianças atendidas pelo projeto de futsal, em parceria com a Afsu (Bom de bola, bom de nota), e também as escolinhas de futebol, competições esportivas interbairros e distritos em várias categorias, além dos altos investimentos em educação – são cerca de 9 mil alunos na rede municipal –  e o mesmo número da rede estadual, transportada pelo município. “Nos colocamos como parceiros, à disposição deste novo projeto e a Prefeitura fará o possível pelo seu sucesso”, disse.

François Marot disse que o objetivo é desenvolver ao máximo o potencial das crianças e adolescentes, “além de tentar tirá-los da frente do videogame, que hoje é o nosso maior rival, para que eles se movimentem, pulem e joguem bola. Temos 4 mil alunos em escolinhas do PSG no Brasil (o segundo maior volume do mundo, atrás apenas da França) e estamos com 120 escolinhas em todo o mundo, que somam 13 mil alunos atletas”, informou. Acompanharam a visita o vice-prefeito Hermes Pimentel e o secretário de Indústria, Comércio e Turismo, Douglas Bácaro.

Fonte:

Deixe seu comentário