Portal da Cidade Umuarama

Umuarama

Pessoas sem sintomas de gripe não devem procurar a 'Tenda Covid', diz secretário

Número de pessoas que buscam atendimento médico na chamada ‘Tenda Covid’ aumentou quase 140%

Publicado em 20/01/2022 às 18:51

É preciso que só busquem atendimento aquelas pessoas que realmente tenham algum sintoma de síndromes respiratórias (Foto: Eduardo Sebim/Portal da Cidade Umuarama)

Mesmo após a Prefeitura de Umuarama ter investido na contratação de 14 profissionais de saúde para incrementar o atendimento no Ambulatório de Síndromes Gripais, o tempo de espera ainda é grande. O principal problema, segundo a Secretaria Municipal de Saúde, é que muitas pessoas têm ido até lá sem ter nenhum sintoma de gripe, o que não é recomendável.

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Herison Cleik da Silva Lima, além de ficar exposto – pois podem haver várias pessoas que estão com o vírus –, o cidadão acaba saturando o sistema de Saúde. “O número de pessoas que buscam atendimento médico na chamada ‘Tenda Covid’ aumentou quase 140%, saltando de uma média diária de 65 para 155. Para se ter uma ideia, só nesses primeiros dias de janeiro foram atendidas 5 mil pessoas. É um número realmente impressionante”, comentou.

Segundo ele, é preciso que só busquem atendimento aquelas pessoas que realmente tenham algum sintoma de síndromes respiratórias, como febre, tosse, coriza, dor de gargante etc. “Entendemos que muitas pessoas ficam impressionadas quando descobrem que alguém próximo está com covid, então elas imediatamente já vão para o Ambulatório. Além de aumentar o tempo de espera geral em filas, essas pessoas correm o risco de se contaminar ao ficarem mais expostas”, ressaltou.

Ele assegura que todos os cidadãos serão atendidos – mesmo que tenham de esperar por algumas horas –, porém, a principal preocupação dos médicos que atendem no Ambulatório é que chegue um momento em que tenham de priorizar os casos, de acordo com a classificação de riscos adotada pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa). “Os atendimentos prioritários são os de urgência e emergência. Se você está assintomático, por favor, fique em casa”, instrui.

Fonte:

Receba as notícias de Umuarama no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário

Outras notícias