Portal da Cidade Umuarama

transtorno

Ansiedade tem afetado crianças e adolescentes; identifique a doença

A psicóloga Mary Segatti explica sobre os tipos de ansiedade que se manifestam na infância e adolescência e como reconhecer os sintomas

Postado em 07/08/2019 às 15:54 |

Mary Segatti é psicoterapeuta, realiza acompanhamento psicológico em crianças, adolescentes e adultos (Foto: Divulgação)

(Especial Publicitário)

A ansiedade é um sentimento vago e desagradável de medo e apreensão, caracterizado por tensão ou desconforto derivado de antecipação de perigo de algo desconhecido ou estranho.

Diferente dos adultos, crianças podem não reconhecer seus medos como exagerados ou irracionais, especialmente as menores.

A ansiedade e o medo passam a ser reconhecidos como patológicos quando são exagerados, desproporcionais em relação ao estímulo, interferindo na qualidade de vida do indivíduo. 

Sintomas Físicos

Falta de ar
Taquicardia 
Vasoconstrição ou dilatação 
Tensão muscular 
Parestesia (sensação de formigamento)
Tremores 
Sudorese e tontura
Dor de estômago  

Manifestações Psíquicas 

Inquietação interna
Apreensão 
Desconforto mental  

Existem dois tipos de transtornos ansiosos que atingem frequentemente a população infantil e adolescentes: o Transtorno de Ansiedade Generalizada (TAG) e o Transtorno de Ansiedade de Separação (TAS), que é mais frequente na primeira fase da vida.  

É caracterizado pela dificuldade da criança em ficar sozinha e se adaptar à escola, mas também pode ocorrer em qualquer idade antes dos 18 anos. 

Já o TAG reflete preocupações excessivas e incontroláveis quanto a uma variedade de eventos futuros e passados, acompanhado de ansiedade na infância adolescência, é um fator de risco, podendo evoluir para: ataques de pânico, fobia social, e até quadros depressivos. 

Ao notar a presença de tais sintomas é necessário iniciar o tratamento com a psicoterapia, além de acompanhamento psiquiátrico.  

É preciso conhecer os filhos e ficar atento às mudanças, sejam físicas ou comportamentais.

Em caso de dúvida, procure ajuda de um profissional. A psicoterapia pode ajudar a criança ou adolescente a entender o que está acontecendo com ela e a compreender tais sentimentos.

Mary Segatti
Psicóloga - CRP 08/08979 

Atua com avaliação psicológica, acompanhamento psicoterapêutico em crianças, adolescentes e adultos, ludoterapia infantil e orientação vocacional.

Pç. Hênio Romagnoli, 3800 - Ed. Centro Comercial – Sala 103
(44) 99916 5930
Instagram | Facebook | WhatsApp 


Qual sua especialidade?   
Publique seu conteúdo aqui na editoria Papo de Especialista do Portal da Cidade.   
Ligue (44) 3056-5231 ou fale conosco pelo WhatsApp (44) 99910-0138 


Todas as informações e opiniões contidas neste artigo, seja em texto ou em vídeo, são de total responsabilidade de seus autores e não expressam, necessariamente, as posições do Portal da Cidade.

Fonte:

Deixe seu comentário