Portal da Cidade Umuarama

Infecção

Tratamento com vacina pode ser a solução contra candidíase frequente em mulheres

Praia e piscina tornam-se mais frequentes nos dias mais quentes. Esse período também é associado ao desconforto da candidíase; saiba como funciona a vacina

Postado em 23/09/2021 às 11:00 |

Dra. Beatriz Corrêa atende na Allergo Care - Clínica de Alergia e Imunologia (Foto: Valmir Pessoa/Portal da Cidade Umuarama)

A candidíase vaginal de repetição é um terror na vida de muitas mulheres. É uma doença muito incômoda, que causa coceira, corrimento vaginal, constrangimento e mal estar. E para os ginecologistas é um grande desafio, já que muitas vezes, mesmo após o tratamento convencional correto, a candidíase persiste e retorna.

Se esse é o seu caso, a imunoterapia pode resolver o seu problema. Consideramos como candidíase de repetição aquela que ocorre 4 ou mais vezes ao ano. Os sintomas causam muito desconforto, prejudicam a qualidade de vida e geram alto custo com medicamentos. Após avaliação pelo imunologista, algumas pacientes têm indicação de imunoterapia específica (vacina) para candidíase.

O tratamento com a vacina Candidina é algo moderno e funciona por que a paciente recebe doses do agente enfraquecido para que o corpo aprenda a se defender contra ele.

Ou seja, a vacina para candidíase vai modulando o sistema imunológico da paciente e fazendo com que este se torne mais resistente ao fungo. A duração do tratamento dura em torno de 02 anos para se obter uma resposta mais eficaz e duradoura.

O tratamento tem como objetivo diminuir as recorrências e melhorar a qualidade de vida.

Dra. Beatriz Helena Corrêa
Alergologista CRM 11.181 | RQE 20.034

Allergo Care - Clínica de Alergia e Imunologia
Avenida Rio Branco, 4332
Zona I - 87501-130 - Umuarama
Facebook | Instagram | WhatsApp
(44) 3622-6393 | (44) 9980-2800


Qual sua especialidade?

Publique seu conteúdo aqui na editoria Papo de Especialista do Portal da Cidade. Ligue (44) 3056-5231 ou fale conosco pelo WhatsApp (44) 99910-0138


Todas as informações e opiniões contidas neste artigo, seja em texto ou em vídeo, são de total responsabilidade de seus autores e não expressam, necessariamente, as posições do Portal da Cidade. 

Fonte:

Receba as notícias de Umuarama no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário

Outras notícias

Mais Lidas