Portal da Cidade Umuarama

Ambiental

Viatura dos bombeiros atola a caminho de atendimento de incêndio em Umuarama

Moradores denunciaram que o incêndio foi provocado por ação humana em parte de uma área que tem aproximadamente 4 hectares

Postado em 22/07/2021 às 23:44 |

Caminhão do Corpo de Bombeiros atolou na areia enquanto seguia para combater um incêndio em vegetação (Foto: Eduardo Sebim/Portal da Cidade Umuarama)

Um caminhão do Corpo de Bombeiros ficou atolado na areia, em Umuarama, enquanto seguia para combater um incêndio em vegetação, em chácaras localizadas na Rua Monteiro Lobato, Jardim dos Pássaros, na manhã desta sexta-feira (23). Apenas após a chegada de um trator a viatura pôde ser retirada.

Moradores denunciaram ao Portal da Cidade Umuarama que o incêndio foi provocado por ação humana em parte de uma área que tem aproximadamente 4 hectares, e que está sendo desmembrada em chácaras, obra essa que tem provocado a instabilidade do solo entre os lotes nos principais pontos de trânsito.


Enquanto a viatura militar era retirada, o Corpo de Bombeiros acionou a Defesa Civil, que combatia o incêndio com a ajuda de um caminhão pipa de menor porte, mais leve para passagem nas estradas rurais.

“Funcionários que cuidam de alguns lotes colocaram fogo para limpeza e não conseguiram controlar o incêndio, e tivemos que chamar o Corpo de Bombeiros”, denunciou um dos moradores sem se identificar. Já outros residentes lamentaram os transtornos provocados pela fumaça.


O Corpo de Bombeiros faz um apelo à população: é preciso evitar as queimadas. Nos meses de inverno ocorre período de estiagem, e o clima seco deixam a vegetação suscetível às queimadas. Durante este período, qualquer indício de calor, como bitucas de cigarro e fósforos, pode iniciar o fogo.

Além de ser crime que pode resultar em pena de até quatro anos de reclusão, a queimada de vegetação provoca danos ao meio ambiente, à saúde e ameaça a segurança dos motoristas quando ocorre em margens de rodovias.

Até a publicação desta reportagem, o incêndio era combatido pelos brigadistas.


Fonte:

Receba as notícias de Umuarama no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário

Outras notícias

Mais Lidas