Portal da Cidade Umuarama

HIPNOTERAPIA

Situações de abuso emocional podem ocorrer em qualquer relação; saiba os sinais

A hipnoterapeuta Sandra Freitas aponta quais os indícios de uma relação abusiva, como lidar com o outro e apostar em recomeços

Postado em 02/05/2021 às 23:20 |

A hipnoterapeuta atende na Rua Amambai, atrás do Hospital Cemil (Foto: Valmir Pessoa/Portal da Cidade Umuarama)

Tornou-se cada vez mais comum ouvirmos falar de relações abusivas ou tóxicas. O assunto tão em voga encorajou muitas pessoas presas em relacionamentos (românticos ou não) a perceberem a situação de dependência emocional e buscarem ajuda para lidarem com isso.

Alguns abusos são muito sutis, o que causa dúvida se a pessoa está ou não em um relacionamento abusivo. É importante esclarecer que relações abusivas acontecem com homens, mulheres e em todos os tipos de relações: amorosa, familiar, social (amizade) e trabalho. Muitas vezes o abusador é considerado uma ótima pessoa, e o abuso vem disfarçado como cuidado e proteção. 

Logo surge a manipulação e a chantagem emocional. Quando alguém precisa diminuir o outro para se sentir grande ou melhor, é onde se caracteriza o abuso, que destrói a autoestima e torna muito difícil o recomeço.

Como você se trata, qual o tipo relacionamento você tem consigo mesmo?

Você se diminui, se xinga, não se valoriza, isso estimula as pessoas que chegam perto de você, elas ficam nessa mesma sintonia. Analise suas relações e veja se você não é o tóxico da relação. Isso começa no seu relacionamento com você mesmo. Faça uma autoanálise.

Seus relacionamentos acabam sempre tomando este rumo, com uma convivência difícil, permeada em cobranças, desconfianças, discussões frequentes e a necessidade de se sobrepor e diminuir ao outro? O seu subconsciente é programado para ver uma coisa e não ver outra. Quando a relação segue este padrão, você foi programado dessa forma. Então se você escolhe pessoas que te magoam, que te machucam, você tem uma demanda emocional para este tipo de pessoa, por isso acaba escolhendo o mesmo tipo de homem, de mulher, o mesmo tipo de amigos.

Você não é culpado, você é responsável e pode mudar isso!

Há uma demanda emocional que deve ser tratada. É você que tem que se cuidar, é quem tem de evoluir. Então trabalhe o seu coração, suas emoções para não repetir o mesmo padrão.

Responda a seguinte pergunta: se alguém te amasse o quanto você se ama, seria o suficiente? O primeiro relacionamento saudável que você precisa ter é com você mesmo! 

A razão pela qual você tem esse tipo de relacionamento, pode estar no seu sistema familiar, traumas e abusos vividos no passado, pode ser por algum apego infantil, uma demanda, uma situação não resolvidas na infância, mas o importante é saber que isso pode ser resolvido.

Se você está passando por isso ou conhece alguém que está com dificuldade de lidar com situações assim, busque ajuda.

A sua saúde mental e física estão totalmente interligadas, uma não existe sem a outra.

Clique para iniciar uma conversa via WhatsApp e agendar sua consulta

*A Clínica de Hipnoterapia não realiza atendimentos por meio de convênios médicos

Espaço Sandra Freitas - Clínica de Hipnoterapia
Rua Amambaí 3433 B – Zona I A (Atrás do Hospital Cemil)
Atendimento de segunda a sexta-feira, das 9h as 17h
E-mail: atendimento@espacosandrafreitas.com.br
Facebook | Instagram | WhatsApp | Youtube


Qual sua especialidade
Publique seu conteúdo aqui na editoria Papo de Especialista do Portal da Cidade.

Ligue (44) 3056-5231 ou fale conosco pelo WhatsApp (44) 99910-0138


Todas as informações e opiniões contidas neste artigo, seja em texto ou em vídeo, são de total responsabilidade de seus autores e não expressam, necessariamente, as posições do Portal da Cidade.

Fonte:

Receba as notícias de Umuarama no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário

Outras notícias

Mais Lidas