Olá Visitante! Cadastre-se ou faça seu Login
Login com Facebook
ou
Você está em Umuarama / PR

Você está aqui: Home / Notícias / PA de Umuarama atendeu 6.021 pessoas em junho
Atualizado


PA de Umuarama atendeu 6.021 pessoas em junho

Boa parte do atendimento ainda poderia ser realizado nas Unidades Básicas de Saúde do município (Foto: José A. Sabino)

Umuarama – O Pronto Atendimento Municipal (PA) fechou junho com mais de 30 mil procedimentos realizados em pouco mais de 6 mil pacientes atendidos. A informação é da secretária municipal de Saúde, Cecília Cividini. Ela explica que boa parte do atendimento ainda poderia ser realizado nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), pois de acordo com a classificação de risco não configuram casos de urgência e emergência – que são a finalidade do PA.

Mas, apesar da sobrecarga de consultas e procedimentos, a unidade tem prestado um bom atendimento. “Desde que o PA voltou a funcionar, recebemos apenas uma reclamação na Ouvidoria da Secretaria de Saúde. Este é o canal para a população se manifestar sobre a atenção que recebe em todas as unidades e o Pronto Atendimento, com maior volume de serviço, é uma das que tem menos reclamações”, disse a secretária.

Entre os procedimentos realizados, o maior volume foi escuta inicial, orientação e acolhimento à demanda (6.548), seguido de acolhimento com classificação de risco (6.447), administração de medicamentos (5.137), aferição de temperatura (4.966) e de pressão arterial (4.048) e medição de peso (1.601).

“O atendimento de urgência com observação até 24h, uma das finalidades reais da unidade, envolveu 796 pacientes – média de 26 por dia”, lembrou a secretária Cecília. Houve ainda 294 testes de glicemia capilar (diabetes), 259 nebulizações (inalação), 238 atendimentos de urgência em atenção básica e 109 excisões de lesão e suturas em ferimentos na pele.

A lista de serviços inclui ainda eletrocardiogramas (81), curativos (148), cateterismo vesical de alívio (13) e de demora (5), retirada de pontos de cirurgia (12), coleta de material para exame laboratorial (11), curativo em queimaduras (5) e outros procedimentos. “Destacamos que os exames necessários para confirmar os diagnósticos estão sendo realizados normalmente”, continua a secretária.

No total, foram realizados 393 exames laboratoriais em pacientes atendidos no PA, que custaram R$ 2.334,78 – na maioria radiografias diversas (178), hemogramas (50), urina (37), proteína C reativa (15), amilase (9), creatinina (8), colesterol (16), glicose (7), transaminase (9), triglicerídeos e ureia (5 cada), entre outros – totalizando 80 tipos diferentes de exames.

Patologias

O relatório aponta também as causas que levaram os pacientes a buscar atendimento no PA, em junho. “Na grande maioria são problemas respiratórios. O ar seco dos últimos dias e a temperatura média baixa – que leva muitas pessoas a permanecer em ambientes com pouca ventilação – é uma agravante para as gripes e infecções do trato respiratório. É importante arejar a casa, o ambiente de trabalho e tomar cuidados com a higiene pessoal para evitar esses males”, orienta a secretária Cecília.

Em junho, o PA realizou 998 exames médicos gerais e identificou e tratou 337 casos de nasofaringite aguda (resfriado comum), 233 infecções das vias aéreas superiores, 220 amigdalites, 189 cefaleias (dores de cabeça), 185 casos de dor aguda, 156 de dor lombar, 155 pacientes com tosse, 154 casos de hipertensão, 150 de diarreia e gastroenterite, 116 de febre, 101 de dores não especificadas, 77 cólicas de rins, 76 pacientes com asma, 71 casos de doenças não-especificadas nas vias aéreas, 129 sinusites agudas e ainda infecções do trato urinário (64), exames de rotina em crianças (60), bronquite aguda (57), gripe (54), mialgia (53), alergias (49). Foram tratadas quase 530 patologias diferentes.

O prefeito Celso Pozzobom elogia a dedicação dos funcionários do PA e destaca que o ganho maior vem sendo em resolutividade. “Este é o propósito maior do PA: resolver o problema do paciente que busca atendimento ou, em última instância, encaminhá-lo para o hospital de plantão, onde é prestada atenção em casos mais complexos. E isso o PA tem feito muito bem, desde que a nova equipe assumiu a unidade, em 1° de junho”, afirmou.

Pozzobom lembrou que a Prefeitura paga pelos serviços médicos a uma empresa terceirizada, “mas com exceção dos médicos, toda a equipe é composta por funcionários do quadro próprio da Secretaria Municipal de Saúde, incluindo enfermeiros e técnicos de enfermagem, o que reduziu os custos e nos permitiu melhorar o atendimento”, destacou. 

O prefeito também pediu a compreensão da população para utilizar mais as unidades de saúde dos bairros. “Observando o relatório da classificação de risco, notamos que dos 6.021 pacientes atendidos no mês, 3.737 tinham quadros de pouca urgência e 155 foram atendimentos normais. Os casos de emergência (14), urgência (1.922) e muita urgência (203) respondem por menos da metade do atendimento prestado pelo PA. Mesmo considerando os procedimentos realizados nos finais de semana (quando as UBS não atendem), ainda temos gente demais no PA, que poderia agendar consultas e ser atendida nos postos de saúde”, completou.

Mais Fotos:




Fonte: PMU

Deixe seu comentário

Você está em Umuarama / PR
Umuarama
Unidade Umuarama, PR


Portal da Cidade Umuarama LTDA - 23.324.583/0001-01
© 2008-2017 Copyright Franquia Portal da Cidade ®