Portal da Cidade Umuarama

PACTO

Amigos são assassinados e intolerância religiosa pode ser motivação do crime

Após abandonar a religião da companheira, a vítima teria sido ameaçada por ela

Postado em 24/09/2018 às 10:40 |

Até o momento a mulher não foi encontrada pela polícia (Foto: Massa News)

Dois homens foram assassinados a tiros na noite deste domingo (23) na Vila Pantanal, no Alto Boqueirão, em Curitiba. A motivação do crime pode estar ligada a intolerância religiosa.

Nossa equipe de reportagem conversou com vários parentes das vítimas que relataram que Júlio César Pontes, de 39 anos, estaria tendo um relacionamento com uma mulher. Eles teriam feito um pacto de sangue por causa da religião dela. Após um tempo de relacionamento a família de Júlio pediu para que ele parasse de frequentar a religião e frequentasse a igreja evangélica. Ele acatou o pedido da família e sua amásia o ameaçou, dizendo que ele iria "abraçar o capeta" se não retornasse para a religião.

Ele não teria retornado para a religião da mulher e tirou todas as guias que tinha em seus braços. Nesta noite ele estava com um amigo identificado por Cleiton de 26 anos. No momento em que Júlio chegava em sua residência foi abordado e assassinado a tiros. Cleiton que não tinha nada a ver com a história acabou ferido com disparos na cabeça e morreu na hora também.

A família repassou informações para a Divisão de Homicídios que agora investiga o caso.

Até o momento a mulher citada pelas testemunhas e parentes não foi localizada.

Fonte:

Deixe seu comentário