Portal da Cidade Umuarama

REFERÊNCIA

Uopeccan de Cascavel comemora 10 anos de transplante de medula óssea autólogo

O primeiro procedimento foi realizado em 2009 e até o momento 212 procedimentos foram realizados pela unidade médica

Postado em 12/09/2019 às 11:38 |

O primeiro transplante de medula óssea autólogo realizado na Uopeccan em setembro de 2009 (Foto: Uopeccan)

A unidade de transplante de medula óssea autólogo do Hospital do Câncer Uopeccan completa neste mês dez anos de atividade, com um total de 212 procedimentos realizados ao longo da última década. O hospital é o único credenciado na região Oeste do Paraná a realizar este procedimento. No Estado apenas três municípios possuem hospitais credenciados com unidade de transplante de medula óssea autólogo, sendo Cascavel, Curitiba e Londrina.

O primeiro procedimento realizado na Uopeccan foi em setembro de 2009. A necessidade de conquistar esse credenciamento foi em razão da demanda de pacientes da região destinados ao transplante na capital do Estado. Segundo o presidente do Conselho Superior do Complexo Hospitalar Uopeccan, Ciro Antonio Kreuz, obter o credenciamento era um dos objetivos da Uopeccan e a conquista melhorou o atendimento aos pacientes.

“A decisão partiu de toda a diretoria da Uopeccan e do corpo clínico, devido à procura por este procedimento que era muito grande e fazia parte dos objetivos da instituição ter uma Central de Transplantes em Cascavel, a única do interior do Paraná. É uma conquista alcançada que agora atende as necessidades dos pacientes que antes precisavam ir para Londrina ou Curitiba realizar o transplante”, diz.

O médico Ademar Dantas Cunha Jr., hematologista, que participou na época do credenciamento, relembra a trajetória de como foi ter conquistado o primeiro credenciamento de transplante de medula óssea autólogo do interior do Paraná. “Todos os tratamentos oncológicos e onco hematológicos eram feitos aqui na Uopeccan, mas para realizar o procedimento eram direcionados para Curitiba. A partir disso se viu que era necessário o procedimento ser realizado na Uopeccan. Foram seis meses para enfim recebermos o credenciamento e então, deixamos de enviar os pacientes para a capital do estado do Paraná. Essa conquista me orgulha muito profissionalmente e me sinto muito feliz por fazer parte desta história”, diz o médico.

Sobre o transplante de medula óssea autólogo

O transplante de medula óssea autólogo (autotransplante) é realizado em pacientes com câncer hematológico, sendo mieloma múltiplo, linfoma e tumores oncológicos germinativos (ovário, testículos).

O transplante é realizado a partir das células do próprio paciente, que antes de iniciar a quimioterapia são retiradas as células tronco da corrente sanguínea do paciente. Após a remoção, ele inicia o tratamento quimioterápico para então receber as células que foram removidas da corrente sanguínea.

Fonte:

Deixe seu comentário

Mais Lidas