Portal da Cidade Umuarama

Contra a Ômicron

UEM recomenda uso de máscara em espaços fechados da instituição de ensino

Outra recomendação é quanto a higienização das mãos com frequência e também minimizar o contato físico para cumprimentos

Publicado em 29/11/2022 às 15:24
Atualizado em

Decisão foi tomada nesta terça-feira (22), durante reunião de grupo técnico nomeado para monitoramento da covid-19 (Foto: Eduardo Sebim/Portal da Cidade Umuarama)

Em reunião realizada na tarde da última terça-feira (22), integrantes do Grupo Técnico de Enfrentamento e Monitoramento à Covid-19 da Universidade Estadual de Maringá (UEM) tomaram algumas decisões preliminares. A principal delas foi a recomendação do uso de máscaras de proteção individual nos espaços fechados da instituição, considerando o aumento da circulação da subvariante da Ômicron, que tem provocado uma nova onda de casos de covid-19 em todo o mundo.

Outra recomendação é quanto a higienização das mãos com frequência, utilizando álcool 70% ou lavagem com água e sabão, e também minimizar o contato físico para cumprimentos.

O presidente do grupo, professor Dennis Armando Bertolini, ainda alerta sobre a importância da vacinação, incluindo as doses de reforço.

Bertolini adiantou que o comitê irá reavaliar os protocolos de biossegurança para discentes e servidores da universidade, revisando e atualizando os procedimentos. Além de fazer o monitoramento em tempo real do possível aumento de casos de covid. Havendo necessidade novas recomendações poderão ser feitas. O grupo volta a se reunir na quinta-feira da próxima semana, dia 1 de dezembro.

Além do professor Bertolini participaram da reunião de hoje (22): Nelly Lopes de Moraes Gil, Maria Tereza Scramin Rosa, Silvana Lorenzi Vizoni, Glaciane Cristina Xavier Mashiba, todas integrantes do grupo recém-nomeado pela Portaria nº 1611/2022 – GRE. O reitor Leandro Vanalli e a chefe de Gabinete Maria Luisa Furlan Costa participaram de parte da reunião e referendaram as decisões do grupo.

Resumo

Veja a síntese das deliberações tomadas pelo comitê e elencadas na portaria nº 1627/-GRE, incluindo a determinação pelo uso obrigatório de máscara em algumas situações

1. Uso de máscaras em ambientes fechados.

2. Manutenção de ambientes ventilados e arejados.

3. Limpeza e desinfecção frequente de ambientes e superfícies.

4. Higiene de mãos utilizando álcool 70% ou lavagem com água e sabão.

5. Não aglomeração de pessoas.

6. Pessoas com sintomas gripais têm uso obrigatório de máscara em locais abertos ou fechados.

7. Pessoas que testaram positivo para covid-19, já encerram o período de isolamento, mas ainda necessitam de cuidados também têm uso obrigatório de máscara em locais abertos ou fechados.

8. Pessoas que tiveram contato com alguém com covid-19 nos últimos 14 dias também têm uso obrigatório de máscara em locais abertos ou fechados.

9. A utilização da máscara em ambientes abertos ou fechados é recomendável nas seguintes situações:

 a) Pessoas não vacinadas contra a covid-19 ou com imunização incompleta.

b) Pessoas imunocomprometidas.

c) Em espaços cujo distanciamento físico não possa ser garantido, inclusive salas de aulas e laboratórios.

d) Pessoas idosas, gestantes puérperas ou em condições médicas subjacentes.

Fonte:

Receba as notícias de Umuarama no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário