Portal da Cidade Umuarama

PREVENÇÃO

Policiais militares recebem orientações e testes rápidos para ISTs

Integrantes da corporação participaram de uma palestra e depois puderam realizar testes rápidos para detectar possíveis infecções

Postado em 30/11/2018 às 10:02 |

Os militares fazem parte do grupo de risco para contágio de vírus como HIV/Aids e hepatite, por conta da atividade exercida (Foto: Tiago Boeing/ PMU)

O 25º Batalhão da Polícia Militar recebeu, na manhã desta quinta-feira, 29, atividades da semana referente ao Dia Mundial de Luta Contra a Aids, que teve uma ampla programação aberta no último dia 26, em Umuarama. foram reunidos no refeitório para uma palestra com o médico infectologista Ricardo Perci e depois puderam realizar testes rápidos para detectar possíveis infecções.

O médico alertou que os militares, por conta da atividade que exercem, fazem parte do grupo de risco para contágio de vírus como HIV/Aids e hepatite. “Embora a transmissividade do HIV esteja em declínio há cerca de 10 anos, pelo mundo, no Brasil os números ainda estão crescendo. Por isso, é muito importante realizar o teste rápido porque, identificada a presença do vírus, é possível realizar tratamento e levar uma vida praticamente normal”, afirmou.

Perci lembrou que os policiais mantém contato direto com a população, precisando às vezes agir fisicamente para conter os ânimos, controlar distúrbios ou socorrer feridos. “A hepatite tem o contágio muito mais fácil que o HIV, mas são perigosas como qualquer infecção sexualmente transmissível (IST). Os sintomas demoram a se manifestar e por isso a doença pode se espalhar rapidamente, até o paciente ter alguma comprovação. Por isso é muito importante realizar o teste rápido periodicamente. Hoje, cerca de 1 milhão de pessoas se contaminam a cada dia com algum tipo de IST”, alertou o infectologista.

A estatística também serve de alerta. Segundo o médico, apenas 39% dos brasileiros utilizam preservativos em suas relações sexuais, “o restante não se cuida”. Ele também falou sobre herpes, e sífilis, entre outras doenças, e informou que no ano passado Umuarama teve cerca de 70 casos confirmados de sífilis – um número muito alto para a população local.

As atividades do Dia Mundial de Luta contra a Aids foram preparadas pela equipe do Ambulatório de Infectologia da Secretaria Municipal de Saúde. O cronograma começou na Agência do Trabalhador, reuniu moradores de rua para testes rápidos no CTA (Centro de Testagem e Aconselhamento), passou agora pela Polícia Militar e nesta sexta-feira, 30, das 8h às 11h, terá o encerramento das atividades do Projeto Sexualidade na Escola, com a feira de prevenção de HIV/ Aids e ISTs, envolvendo alunos do Colégio Estadual Pedro II.

De 26 a 30 também foram acontecem atividades nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) do município, organizadas pelas próprias equipes, e dia 7/12 haverá o “Dia D” da campanha na Praça Miguel Rossafa, com orientações, panfletagem e testagem rápida para a população em geral. As atividades acontecerão das 8h às 11h e das 13h30 às 16h.


 

Fonte:

Deixe seu comentário