Portal da Cidade Umuarama

Saúde em risco

MPPR requisita interdição de hospital em Umuarama por causa de irregularidades

MPPR diz que hospital atende de forma arriscada e deficitária, colocando em risco não só a saúde dos pacientes, mas também de seus próprios funcionários

Publicado em 19/05/2022 às 16:54
Atualizado em

MPPR requisita a autoridades de Saúde de Umuarama que tomem providências para interdição de hospital que apresenta diversas irregularidades (Foto: Eduardo Sebim/Portal da Cidade Umuarama)

O Ministério Público do Paraná, no Noroeste do estado, requisitou ao secretário municipal de Saúde e à diretora da 12ª Regional de Saúde diligências imediatas e em conjunto para a interdição e/ou suspensão das atividades de um hospital da cidade. A determinação decorre de procedimento administrativo instaurado pela 4ª Promotoria de Justiça da comarca para apurar notícias de irregularidades no estabelecimento, que acabaram confirmadas.

O MPPR verificou que o local está há mais de seis meses em condições de funcionamento precárias, tendo havido inclusive o cancelamento de cirurgias eletivas previamente agendadas por falta de insumos. Relatório de inspeção realizada no hospital pela Vigilância Sanitária municipal constatou diversas irregularidades, concluindo pela necessidade de interdição do local, que, conforme o Ministério Público, “segue prestando seus serviços aos usuários de forma arriscada e deficitária, colocando em risco não só a saúde dos pacientes, mas também de seus próprios funcionários”. Entre as irregularidades encontradas, está, por exemplo, o fato de a Central de Material Esterilizado não funcionar adequadamente, de modo que estariam sendo utilizados materiais sem a assepsia necessária.

A determinação do MPPR, emitida nesta quarta-feira, 18 de maio, dá prazo de 48 horas para que as autoridades destinatárias comuniquem as providências adotadas. O MPPR não divulgou o nome do hospital.

Fonte:

Receba as notícias de Umuarama no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário