Portal da Cidade Umuarama

R$ 34.500,00

Gabriela Botter retorna luta contra câncer e precisa de ajuda para o tratamento

Luta contra o câncer começou no fim de 2019 e, agora, ela parou de responder ao tratamento e novas metástases apareceram. Novo medicamento é sua esperança

Postado em 23/07/2020 às 14:31 |

Gabriela Botter Mariano Souza, de 25 anos, descobriu que estava com um melanoma metastático no fim de 2019 (Foto: Arquivo pessoal)

No fim de 2019, a advogada Gabriela Botter Mariano Souza, de 25 anos, moradora de Umuarama, descobriu que estava com um melanoma metastático – estágio do câncer de pele que se espalhou para outros locais do corpo, como pulmão, fígado, cérebro, osso ou trato gastrintestinal.

A jovem passou pelos tratamentos tradicionais: quimioterapia e radioterapia, mas tais procedimentos não surtiram efeitos e a esperança são os medicamentos imunoterápicos – que em vez de terem como alvo direto o tumor, potencializam a resposta imunológica do próprio paciente contra o câncer.

Na época, já na cama por causa do avanço da doença sobre o fígado, pulmão, baço e coluna, conforme relato da própria advogada ao Portal da Cidade Umuarama, a família organizou uma vakinha on-line para a compra dos medicamentos, que eram caros, inicialmente o tratamento custaria R$ 480 mil.

Mas por meio de uma ação judicial, a jovem conseguiu obter o custeio de seu tratamento pelo serviço público de saúde, e já no começo deste ano, ela gravou um emocionante vídeo para agradecer o apoio, ajuda e as boas energias de toda a comunidade de Umuarama e região.

Na ocasião, o pai da jovem, Adalto Mariano, fez questão de enfatizar que a campanha on-line foi encerrada e a quantia arrecadada foi utilizada para a compra dos primeiros medicamentos utilizados pela filha daquela nova fase do tratamento. Agora, infelizmente a doença retornou e uma nova vakinha on-line está sendo realizada.

“Inicialmente realizei um tratamento com um combo de medicamentos caros (terapia alvo), os quais consegui na Justiça, que foi excelente no começo, porém, parei de responder àquele tratamento e novas metástases apareceram”, lamentou a advogada.

Então, após novos exames e avaliação médica, foi prescrito um imunoterápico chamado Pembrolizumabe, 200mg. O custo aproximado desse medicamento é de R$ 34.500,00 (a cada 21 dias).

“Já estamos buscando tal medicamento pela via judicial, no entanto, o processo não costuma ser rápido e eu não posso esperar, por isso, resolvemos fazer uma nova vaquinha para a compra de, pelo menos, uma aplicação da medicação enquanto aguardamos a Justiça”, explica a jovem.

Ajude a salvar a vida da Gabriela Botter Mariano Souza. Para realizar a sua doação financeira, basta clicar aqui!


Fonte:

Receba as notícias de Umuarama no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário