Portal da Cidade Umuarama

Novembro Vermelho

Dia D da campanha para identificação do câncer de boca acontece neste sábado

As unidades de saúde Panorama, Bem-Estar, Vitória Régia, Central e Serra dos Dourados irão oferecer exames para diagnóstico precoce da doença

Publicado em 18/11/2022 às 10:19

Quase mil pessoas por ano têm diagnóstico positivo para câncer de boca (Foto: Freepik)

Quase mil pessoas por ano têm diagnóstico positivo para câncer de boca, segundo levantamento do Inca (Instituto Nacional do Câncer). Em Umuarama, as unidades de saúde Panorama, Bem-Estar, Vitória Régia, Central e Serra dos Dourados terão atividades especiais em alusão ao Novembro Vermelho, oferecendo exames para diagnóstico precoce da doença. O Dia D será das 8h às 11h30 deste sábado (19).

A campanha Novembro Vermelho foi instituída pela Lei Estadual nº 19.868/2019 para alertar a população para a importância da prevenção e do combate ao câncer de boca. “O câncer de boca é um tumor maligno que afeta os lábios e a cavidade oral e está entre os mais incidentes no Brasil. A doença pode ser prevenida de maneira simples e tratada se diagnosticada precocemente”, observa o secretário municipal de Saúde, Herison Cleik da Silva Lima.

A diretoria de Atenção Primária em Saúde (APS), Jaqueline de Bortolli Shiribayashi, indica que os maiores fatores de risco para o desenvolvimento do câncer de boca são o tabagismo e o consumo de álcool. “Os principais sintomas são lesões que não cicatrizam por mais de 15 dias, manchas vermelhas ou esbranquiçadas na língua, gengivas, céu da boca e bochechas, nódulos no pescoço e rouquidão permanente. Em casos mais avançados, a doença pode dificultar a fala, mastigação, deglutição, a movimentação da língua, e dar sensação de que há algo preso na garganta”, detalha.

Para diagnosticar o câncer de boca é preciso fazer um exame clínico, que pode ser realizado por um dentista durante as consultas odontológicas de rotina, sendo possível detectar lesões suspeitas e diagnosticar a doença no início. “Desta forma, convidamos toda a população para que compareça a essas unidades de saúde para uma avaliação, que é rápida e indolor”, explica Jaqueline, acrescentando que não é necessário agendamento.

Fonte:

Receba as notícias de Umuarama no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário