Portal da Cidade Umuarama

Solidariedade

Voluntários fazem vaquinha para custear cirurgia de homem com tumor no cérebro

Pai de quatro crianças, Rogério da Silva, tem 36 anos, e precisa de R$ 70 mil para fazer a cirurgia com urgência

Postado em 09/06/2021 às 15:45

O trabalhador rural Rogério da Silva, de 36 anos, diagnosticado com um tumor no cérebro (Foto: Reprodução/redes sociais)

Um grupo de voluntários de Douradina está promovendo uma campanha, nas redes sociais, com o intuito de arrecadar fundos para custear um procedimento cirúrgico para o trabalhador rural Rogério da Silva, de 36 anos, diagnosticado com um tumor no cérebro. Rogério e a esposa, Luciana da Silva, vivem em uma fazenda entre o distrito de Santa Olga e a cidade de Cruzeiro do Oeste.

O Portal da Cidade Douradina conversou com Luciana, que contou que o problema foi descoberto há 45 dias, após seu esposo passar mal. "Ele passou mal durante a noite, chamamos o Samu e levaram ele para o hospital. A princípio os médicos achavam que era uma convulsão, depois suspeitaram que se tratava de um AVC. Após exames, mais detalhados, veio o diagnóstico de tumor no cérebro. Foi um susto muito grande, quando descobrimos essa doença", relata Luciana.

Rogério passou por diversos exames, como tomografia e ressonância magnética que constataram o tumor no lado esquerdo da cabeça. "Esses exames todos foram pagos pelo nosso patrão, por que nós não temos condições de fazer e pelo SUS demora muito".

Os exames foram avaliados por um médico na Capital do Estado. Segundo Luciana, Rogério precisa fazer a cirurgia com urgência, no máximo 15 dias, pois o tumor pode crescer e o problema se agravar ainda mais. "A gente é simples, não sabe mexer com essas coisas, quem está nos ajudando e correndo atrás do tratamento é o nosso patrão. É uma cirurgia bastante delicada, e vai precisar de equipamentos específicos para monitorar o caso dele".

Ainda de acordo com Luciana, a cirurgia e o tratamento custam R$ 70 mil. "Não temos condição nenhuma. A gente está pedindo para quem puder nos ajudar financeiramente, pode ser qualquer valor. Quem não tiver condição nos ajude nas orações para que Deus venha tocar no coração daqueles que tiverem condição".

A esposa de Rogério, também explica as complicações de esperar pela cirurgia no SUS, ainda mais demorada por conta da pandemia. "Se conseguir, seria daqui dois ou três meses e ele não pode esperar. O caso é urgente".

Após tomarem conhecimento do caso, um grupo de pessoas que têm um projeto de ações sociais em Douradina criaram uma vaquinha online para tentar arrecadar doações para custear o tratamento. "As pessoas já começaram ajudar e estamos compartilhando as informações, para tentar mobilizar mais pessoas", afirma Celso Duarte, um dos voluntários do projeto.

Luciana aproveitou para agradecer: “meu esposo tem 4 filhos. Só estou conseguindo acordar e lutar todos os dias por meu esposo e meu meninos que são pequenos e precisam de mim, mas está muito difícil. Que Deus abençoe imensamente e que retribua com muita benção na vida de cada um que está nos ajudando".

Rogério ao lado da esposa Luciana e seus quatro filhos

Para contribuir com doações

PIX

Tipo de Chave: CPF

Chave: 04799580922

Dados para transferência bancária

Banco: Caixa Econômica Federal

Poupança: Pessoa Física -1288

Agência: 0570

Conta: 000814604882-8

Titular: Rogério da Silva

Para realizar doações pela vaquinha online clique aqui.

Fonte:

Receba as notícias de Umuarama no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário

Outras notícias

data-matched-content-ui-type="image_stacked" data-matched-content-rows-num="2" data-matched-content-columns-num="3">