Portal da Cidade Umuarama

Protesto

Rodovia PR-323 será bloqueada nesta quinta-feira (09), avisam caminhoneiros

Nesta quarta (08), como aviso do fechamento total, houve bloqueios interrompidos a cada 15 minutos para passagens dos veículos, em Cruzeiro do Oeste

Postado em 08/09/2021 às 16:42 |

Estão sendo retidos apenas veículos de carga, enquanto veículos de passageiros, emergência e cargas perecíveis, estão sendo liberados (Foto: Portal da Cidade Umuarama/Eduardo Sebim)

Caminhoneiros prometem bloquear nesta quinta-feira (09) a rodovia PR-323, na região de Umuarama. Nesta quarta (08), como aviso do fechamento total, houve bloqueios interrompidos a cada 15 minutos para passagens dos veículos, em Cruzeiro do Oeste.

Apenas veículos de emergência, como ambulâncias, e outros com cargas perecíveis passavam. A mobilização, de acordo com o relato dos caminhoneiros participantes, é em apoio aos atos realizados na terça-feira (07), em favor do governo do presidente Jair Bolsonaro e contra o aumento dos preços dos combustíveis.

O bloqueio desta quarta-feira está sendo realizado por motoristas independentes que decidiram aderir ao movimento, mas sem o apoio formal de entidades, e deve durar até às 18h. Já amanhã, quando é prometido o bloqueio total, a manifestação vai ser mantida pelos mesmos organizadores e deve começar às 06h, também em Cruzeiro do Oeste.

Os organizadores também informaram para a reportagem do Portal da Cidade Umuarama, que esteve no local dos bloqueios desta quarta, que amanhã o protesto deve receber a adesão de agricultores da região de Umuarama.

A Polícia Rodoviária Estadual (PRE) acompanha o protesto, e até a publicação desta reportagem, não havia registrado incidentes. Ela também destacou que estão sendo retidos apenas veículos de carga, enquanto veículos de passageiros, emergência e cargas perecíveis, estão sendo liberados, comportamento que deve ser repetir amanhã.

Mais informações no Portal da Cidade Umuarama

Fonte:

Receba as notícias de Umuarama no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário

Outras notícias

Mais Lidas