Portal da Cidade Umuarama

Fiscalização

Crea-PR apura descarrilhamento de brinquedo que deixou três feridos em Cianorte

Órgão federal constatou a regularidade de Engenheiros Mecânico e Eletricista envolvidos na montagem e desmontagem de “minhocão”

Postado em 01/08/2019 às 10:45 |

O acidente ocorreu na noite desta quarta-feira (31), após a quebra do trilho de brinquedo chamado de “minhocão” (Foto: Crea-PR)

O Crea-PR (Conselho de Engenharia e Agronomia do Paraná) fiscalizou na manhã desta quinta-feira (1º) a estrutura do brinquedo denominado como “minhocão” que descarrilhou em um parque de diversão em Cianorte. O acidente ocorreu na noite desta quarta-feira (31), após o trilho quebrar. Três pessoas tiveram ferimentos leves. No local, o Conselho constatou que a atração e o parque tinham responsáveis técnicos para funcionar, como Engenheiro Mecânico e Engenheiro Eletricista, que trabalharam na emissão de laudos para o funcionamento dos brinquedos e equipamentos. Inclusive, antes da abertura ao público, foram emitidos três relatórios de fiscalização: de instalações elétricas; montagem e desmontagem dos brinquedos e segurança.

Diante do ocorrido, o Crea-PR instaurou um processo de fiscalização para averiguar as responsabilidades técnicas quanto à efetiva participação dos profissionais no acompanhamento da montagem do brinquedo. O agente de fiscalização do Crea-PR Paulo Henrique Neves de Oliveira está acompanhando o caso do descarrilhamento. Pela manhã desta quinta-feira, Oliveira conversou com o responsável pelo parque, que apresentou toda a documentação registrada para o funcionamento dos brinquedos, como laudo do Corpo de Bombeiros de Cianorte. Segundo o proprietário, os brinquedos são vistoriados frequentemente e testados diariamente antes da abertura do local.

O Crea-PR ressalta a importância da atuação de profissionais e empresas devidamente registradas no Conselho, justamente a fim de minimizar maiores tragédias e garantir maior segurança às instalações temporárias. No caso de Cianorte, todos os cuidados tomados com antecedência tinham o objetivo de evitar acidentes ou, caso ocorressem, tivessem baixo potencial de gravidade, como aconteceu no brinquedo “minhocão”. Ou seja, sem as fiscalizações, os prejuízos poderiam ter sido ainda maiores.

O brinquedo onde aconteceu o acidente foi interditado. O parque de diversão foi contratado pela prefeitura de Cianorte em decorrência das comemorações do aniversário de 66 anos da cidade. A festa encerra no fim de semana, dia 4.

O brinquedo onde aconteceu o acidente foi interditado

Fonte:

Deixe seu comentário