Portal da Cidade Umuarama

HOMENAGEM

Sob forte comoção, casal de motociclistas é sepultado em Umuarama

Eduardo Real e Carina Mochaider Echs perderam a vida em acidente em Guarapuava

Postado em 08/01/2018 às 09:35

Eduardo Real e Mochaider Echs sofreram um acidente trágico envolvendo uma carreta na sexta-feira (5) (Foto: Feras Motoclub)

Foram sepultados no início da tarde do domingo (7) o publicitário Eduardo Real e sua esposa, a psicóloga Carina Mochaider Echs. Eles morreram na noite de sexta-feira (5) ao serem atingidos pelo vagão de uma carreta na rodovia PR-466, entre Turvo e Pitanga - região central do Estado. O enterro foi marcado por comoção e homenagens.




Funcionários da Universidade Paranaense o casal viajava a passeio numa Honda CBR 600F. Quando passavam pela Curva da Marrequinha, um engate de uma carreta teria se soltado atingido em cheio a motocicleta. Eduardo ainda respirava na chegada do socorro, mas morreu pouco depois. A esposa morreu no local.

O casal que integrava o Feras Moto Club foi homenageado pelos colegas. No momento do cortejo, os motociclistas aceleram suas motos - som que Eduardo e Carina gostavam tanto de ouvir.




ACIDENTE 

As causas do acidente estão sendo apurada por peritos do Instituto de Criminalística de Guarapuava. Preliminarmente a Policia Estadual Rodoviária (PRE) informou ao repórter Jonei Farias que o condutor da carreta viajava sentido Guarapuava a Campo Mourão. A carga de madeira tombou sobre os motociclistas que vinha na direção contrária.



LUTO
 

A Unipar divulgou nota em seu site lamentando o acidente com os colaboradores. Confira:

“Família Unipar de luto: O adeus ao casal Carina e Eduardo 

A Universidade Paranaense está de luto porque acaba de perder dois colaboradores muito queridos e admirados pelos colegas: a psicóloga Carina Monchaider Echs e o publicitário Eduardo Real Echs. Ela trabalhava na DEGRT (Diretoria Executiva de Gestão das Relações Trabalhistas) e ele na DEGDU (Diretoria Executiva de Gestão da Dinâmica Universitária), no Câmpus-Sede.

O casal estava viajando a passeio, de moto (eles curtiam moto como hobby), e foi atropelado pela carga de uma carreta com placas de Ponta Grossa, que tombou em uma curva; a traseira da carreta, que estava carregada com toras de madeira, atingiu a motocicleta. O acidente aconteceu na rodovia que liga Pitanga a Santa Maria do Oeste, na tarde de ontem (sexta-feira, 5).

O diretor da DEGRT, Jânio Paganini, bastante transtornado, diz que que está se sentindo “sem chão”. “Eu me sinto impotente, comovido pela perda da querida Carina, uma guerreira, defensora incansável da Unipar, que começou na DEGRT como estagiária e após 2 anos foi efetivada como psicóloga; foi uma perda irreparável!”, lamenta.

Muito comovido também está o diretor da DEGDU, professor José de Oliveira Filho. “Quando recebi a notícia do acidente, fiquei perplexo: não acreditava no que estava vendo e lendo. Uma grande perda para a família Unipar/DEGDU e principalmente por mim e pelos companheiros e companheiras de trabalho, que compartilhamos de sua companhia por 18 anos. Nesta convivência, sempre foi aplicado, competente e comprometido nas suas atividades; nas horas de relax, era a alegria em pessoa, sempre pronto para promover uma festa... E quando trouxe para a nossa equipe a Carina, aí a alegria se implantou de vez em nossos corações... Eduardo e Carina, para sempre será lembrado por nós com muito carinho!”.

A coordenadora do curso de Psicologia, Danielle Barreto, também se manifestou. Sensibilizada, ela postou a seguinte mensagem no Facebook: “A vida pode ser feita de várias formas, pode até mesmo ser como se fossem notas musicais, e você Carina Mochaider Echs fez dela uma linda, intensa e inesquecível canção. Nós da Psicologia Unipar Umuarama estamos extremamente chocados com a forma que a sua música/vida foi interrompida, levando consigo o amor da sua vida e nos deixando um imenso silêncio e já saudade. Fique em luz menina linda... cuide dela Eduardo... por aqui, estaremos à espera de poder sentir as vibrações intensas das suas músicas”.

Fonte: Portal da Cidade Umuarama

Deixe seu comentário