Portal da Cidade Umuarama

Desvios

Secretária de Educação de Iporã e mais duas pessoas são presas em operação do MP

As pessoas foram detidas por suspeita de desvio de energia elétrica do prédio da Secretaria para uma obra particular

Postado em 06/12/2018 às 08:00 |

Operação contou com o apoio da PM (Foto: Divulgação MP)

Em Iporã, noroeste do estado, foi deflagrada nesta quarta-feira, 5 de dezembro, a Operação Casa de Bastet, uma ação do Ministério Público do Paraná em parceria com a Polícia Militar e a Copel. Três pessoas foram detidas — entre elas a secretária municipal de Educação,  Solange Bagarolo. As pessoas foram detidas por por suspeita de desvio de energia elétrica do prédio da Secretaria para uma obra particular, segundo o Ministério Público do Paraná (MP-PR).

Além de Solange, também foram presos um mestre de obras e um engenheiro que, de acordo com o MP-PR, é um dos proprietários da empresa que realiza a obra.

Conforme a apuração da Promotoria de Justiça de Iporã, a energia elétrica da Secretaria de Educação vinha sendo desviada para uma obra particular, vizinha ao órgão público, com prejuízo aos cofres públicos e com conhecimento da secretária.

Ainda de acordo com o MP-PR, a irregularidade ocorria há mais de um ano, desde o início da obra, que atualmente se encontra em fase final.

A operação do MP-PR, realizada em parceria com a Polícia Militar (PM) e com a Copel foi batizada de Casa de Bastet. Na mitologia egípcia, Bastet é a deusa com cabeça de gato e corpo feminino, relacionada aos mitos solares.

O Ministério Público informou que as investigações continuam. 

O outro lado

A Prefeitura de Iporã informou, em nota, que a Secretaria de Educação não tinha conhecimento do desvio de energia e que a Pasta não concorda com condutas irregulares.

“Serão adotadas as medidas cabíveis à elucidação do furto de energia”, conclui a nota.

Fonte:

Deixe seu comentário