Portal da Cidade Umuarama

ESTADO GRAVE

Pai de aluna que apanhou em escola tenta matar estudante

A jovem agredida nada tinha a ver com a briga que acabou com a filha do suspeito apanhando

Postado em 08/11/2018 às 14:09 |

A adolescente foi salva por moradores que intervieram (Foto: Guia Medianeira)

A Polícia Civil está à procura de um homem, suspeito de agredir violentamente uma adolescente no município de Missal. Tudo teve início com uma briga em um colégio. Duas estudantes agrediram uma terceira jovem. O vídeo da situação foi compartilhado nas redes sociais e com isso, o pai da estudante agredida, tomou conhecimento do caso.

De acordo com a polícia, o homem mora em outra cidade, mas foi até Missal para tirar satisfação com as autoras da agressão.

Para a polícia, testemunhas relataram que “o homem abordou diversas estudantes nas proximidades do colégio, tentando identificar as duas adolescentes que bateram na filha. O homem ainda teria conversado com a própria filha, que disse não conviver com o pai por conta do histórico de agressividade. Ela conversou com o homem e foi embora.

Não satisfeito com o caso, o homem seguiu pelo Bairro Renascer e abordou uma estudante aleatoriamente, dizendo que a reconheceu do vídeo da briga, e passou a bater na jovem com violência. A adolescente foi salva por moradores que intervieram. A vítima foi socorrida em estado grave e encaminhada ao hospital. O agressor fugiu.

O delegado Denis Merino relatou que Ezequiel dos Santos Pinheiro deve ser indiciado por tentativa de homicídio. O delegado explicou ainda, que a jovem agredida nada tinha a ver com a briga que acabou com a filha do suspeito apanhando.

Pinheiro já tem um mandado de prisão, por outro crime, em aberto.

Fonte:

Deixe seu comentário