Portal da Cidade Umuarama

PECULATO

Médico da rede pública é preso em flagrante por não cumprir horário de trabalho

O servidor costumava bater o ponto e atender em sua clínica particular

Postado em 21/09/2018 às 09:40 |

Doutor vai responder pelo crime de peculato eletrônico (Foto: Ilustrativa )

O núcleo de Francisco Beltrão (Sudoeste paranaense) do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público do Paraná, prendeu em flagrante na manhã desta quinta-feira (20) em Pato Branco um médico da Secretaria Estadual da Saúde que não estava cumprindo seu horário de trabalho.

Nesta quinta-feira, após registrar seu ponto, o médico ausentou-se do local de trabalho para prestar atendimento em sua clínica particular.

As investigações apontaram que essa prática é costumeira por parte do servidor e, em função disso, ele foi autuado pela prática do crime de peculato eletrônico, previsto no artigo 313-A do Código Penal.

Fonte:

Deixe seu comentário