Portal da Cidade Umuarama

Treinamento

Guardas municipais de Umuarama atualizam conhecimentos sobre armamentos

O efetivo da Guarda Municipal da Capital da Amizade atende a uma média de 400 ocorrências por mês

Postado em 23/08/2019 às 08:36 |

A corporação conta atualmente com um efetivo de 31 guardas que podem ser acionados pelo telefone 153, em casos de emergência (Foto: Tiago Boeing)

Um grupo de guardas municipais de Umuarama realizou, na tarde desta quinta-feira (22), um treinamento de rotina exigido pela Polícia Federal, conforme convênio firmado com o município para a qualificação de agentes de segurança que trabalham armados. O calendário anual prevê 80 horas de qualificação teórica, além das atividades práticas, das quais 40 horas devem ser relacionadas a armamento, munição e tiro.

Outras 28 horas se destinam a conteúdos da planilha da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senap) e o restante é livre para treinamentos sobre primeiros socorros, defesa pessoal, defesa civil e outras atividades por opção do comando da corporação. O inspetor Valdiney Rissato, comandante da Guarda Municipal de Umuarama, lembrou que o efetivo foi dividido em dois grupos para não prejudicar o atendimento das ocorrências do dia a dia, durante a qualificação.

O treinamento desta quinta foi ministrado pelos inspetores Thiago e Douglas, membros da guarda que realizam curso em Curitiba sobre armamento. “Eles foram treinados por instrutores credenciados pela Polícia Federal e agora estão repassando os conhecimentos aos colegas, com aulas expositivas. Apenas as 8 horas/aulas finais do treinamento serão aplicadas por instrutores indicados pela Polícia Federal, que também vão avaliar o aprendizado do efetivo”, acrescentou.

A Guarda Municipal de Umuarama atende a uma média de 400 ocorrências por mês, como cumprimento de mandados de prisão durante abordagens de suspeitos, apreensões de menores em ato infracional, flagrantes de tráfico de drogas, dano ao patrimônio público e lesão corporal e recuperação de veículos com alerta de furto/ roubo, entre outros. “Nossa função é zelar pelo bem comum dos cidadãos e da segurança, executando policiamento ostensivo de prevenção a infrações penais e administrativas em todo o território do município”, resumiu Rissato.

Fonte:

Deixe seu comentário