Portal da Cidade Umuarama

Crime

Autor de homicídio brutal é capturado e preso em Umuarama

Fabio Alves Martins, de 32 anos, matou a pauladas a garota de programa Nina Kelen Pereira

Postado em 14/08/2019 às 15:44 |

Fabio Alves Martins, de 32 anos, já está condenado pela Justiça pelo crime, ele fazia o uso de tornozeleira eletrônica (Foto: Polícia Civil)

Investigadores do Grupo de Diligências Especiais (GDE) de Umuarama prenderam na tarde dessa terça-feira (13) Fabio Alves Martins, de 32 anos, autor de um crime brutal em Campo Mourão, em 2011. A prisão aconteceu em uma residência, próximo a Praça Anchieta. O autor já está condenado pela Justiça pelo crime, ele fazia o uso de tornozeleira eletrônica.

Martins, que ara conhecido por “Cawboy”, matou a pauladas a garota de programa Nina Kelen Pereira, na época com 24 anos. O crime ocorreu na madrugada do dia 8 de março de 2011, na BR487 (Estrada Boiadeira) após o assassino se desentender com a vítima durante um programa sexual. A polícia apurou na época que o desentendimento aconteceu por causa do valor cobrado por Nina, de R$ 40.

O autor do crime não resistiu à prisão. “Ele foi condenado e preso estava com tornozeleira eletrônica, mas estava descumprindo as medidas impostas pelo uso do equipamento”, disse o delegado chefe da 7ª Subdivisão Policial (SDP) de Umuarama, Osnildo Carneiro Lemes, em entrevista ao “Umuarama News”. O assassino foi encaminhado à delegacia de Umuarama, mas será recambiado à cadeia de Campo Mourão.

O crime

Nina Kelen Pereira foi encontrada morta no dia 8 de março de 2011, às margens da Estrada Boiadeira em Campo Mourão. Através de levantamento de imagens colhidas por câmeras de monitoramento do Posto Carreteiro, último lugar onde a vítima foi vista, os policiais conseguiram identificar e prender o autor do assassinato, Fábio Alves Martins, que na época foi preso na cidade de Araruna e confessou o crime.

Ele disse à polícia que conheceu a vítima em um baile de carnaval, na cidade de Campo Mourão, depois teria combinado um programa amoroso com Nina por R$ 40,00. Ele a levou para a Estrada Boiadeira, onde tiveram relação sexual. Depois do ato, houve um desentendimento quanto ao valor do pagamento do programa, foi quando resolveu assassinar a vítima.

Fonte:

Deixe seu comentário