Portal da Cidade Umuarama

alerta

Pais devem ficar atentos para dependência tecnológica em crianças, diz psicóloga

A psicoterapeuta Mary Segatti fala sobre como o uso exagerado da tecnologia pode causar efeitos negativos em crianças e adolescentes

Postado em 06/11/2019 às 11:15 |

Mary Segatti é realiza acompanhamento psicológico em crianças, adolescentes e adultos (Foto: Portal da Cidade Umuarama)


As crianças de hoje já nascem em um mundo conectado à internet. Mas isso não significa que o acesso deva ser ilimitado. Cada vez mais, elas estão sendo estimuladas por tablets, smartphones, jogos on-line. Esse excesso provoca a chamada dependência tecnológica, que poderá refletir sobre todo o seu desenvolvimento futuro. 

O problema não está na tecnologia em si, mas no modo como ela vem sendo utilizada, embora forneça muitos benefícios positivos, ela também pode trazer vários efeitos negativos para o desenvolvimento do indivíduo, como: déficit de atenção; transtornos de ansiedade; depressão; isolamento; baixa autoestima; prejuízo na rotina; menor satisfação com a vida diária; dificuldade no desenvolvimento de suas habilidades sociais, como a capacidade de lidar com o outro; prejuízos físicos, como problemas na coluna, na visão, obesidade, sedentarismo entre outros. 

Sinais de alerta para o uso exagerado da tecnologia
- Sono irregular ou insônia 
- Queda no rendimento escolar 
- Alternância do humor
- Isolamento e apatia
- Resistência as outras atividades de lazer
- A tecnologia passa a ser prioridade: deixa de tomar banho, comer, só para ter mais tempo de usar os recursos tecnológicos 
- Quando o aparelho é retirado, reagem com birras e comportamento incontrolável. 
- A criança fecha rapidamente a tela do computador ou desliga a máquina quando um adulto se aproxima.

A supervisão rigorosa dos pais é fundamental.  Nunca se esqueça que nenhum aplicativo substitui o abraço, a conversa olho no olho e o tempo que você dedica ao seu filho. 
Quando perceber qualquer mudança repentina no comportamento de seu filho, busque ajuda de um profissional. A psicoterapia ajuda a criança e o adolescente a compreender seus dilemas, resgata a autoestima e o convívio social, e dá suporte aos pais para encontrarem as melhores soluções.


Mary Segatti
Psicóloga - CRP 08/08979
Atua com avaliação psicológica, acompanhamento psicoterapêutico em crianças, adolescentes e adultos, ludoterapia infantil e orientação vocacional.
Pç. Hênio Romagnoli, 3800 - Ed. Centro Comercial – Sala 103
(44) 99916 5930

Qual sua especialidade?   
Publique seu conteúdo aqui na editoria Papo de Especialista do Portal da Cidade.
Ligue (44) 3056-5231 ou fale conosco pelo WhatsApp (44) 99910-0138

Todas as informações e opiniões contidas neste artigo, seja em texto ou em vídeo, são de total responsabilidade de seus autores e não expressam, necessariamente, as posições do Portal da Cidade. 

 

Fonte:

Deixe seu comentário

Mais Lidas