Portal da Cidade Umuarama

INFÂNCIA

Avaliação Neuropsicológica Infantil: o que é e para que serve

A neuropsicóloga Soyane Marcato explica quais sinais podem ajudar a identificar possíveis desordens neurológicas em crianças

Postado em 19/03/2019 às 08:51 |

Soyane Marcato é psicóloga clínica e especialista em neuropsicologia (Foto: Portal da Cidade)

A Neuropsicologia é a área da psicologia que estuda os distúrbios cognitivos, emocionais e comportamentais, bem como distúrbios de personalidade causados por lesões cerebrais ou por outros problemas de saúde que afetam o funcionamento do cérebro. Cada vez mais, testes neuropsicológicos vêm sendo utilizados como recurso no cenário infantil. Dificuldades no desempenho escolar, seguidas de déficits na adaptação e socialização estão entre os casos mais frequentes.

Importância 

Soyane Marcato explica que a neuropsicologia não busca apenas avaliar: "com os recursos desta nova ciência, torna-se possível estabelecer uma linha terapêutica que proporcione melhora na qualidade de vida do paciente e oriente a família quantos aos procedimentos adequados", explica.


Avaliação

Para realizar uma análise neuropsicológica infantil, é preciso conhecer as diferentes teorias do desenvolvimento, explorar o histórico de cada caso, realizar observações diretas e indiretas do comportamento e entrevistar familiares. Assim, é possível observar os efeitos cognitivos e comportamentais causadores de desordens neurológicas quando a criança apresenta dificuldades de: 

• Atenção;
• Memória;
• Percepção;
• Linguagem;
• Intelectualidade;
• Raciocínio;
• Aprendizagem;
• Velocidade do processamento das informações;
• Flexibilidade mental;
• Planejamento;
• Tomada de decisão;
• Capacidade de percepção visual;
• Funções motoras. 

Soyane Marcato / Neuropsicóloga

Alerta

Muitas vezes achamos que algumas crianças não conseguem adquirir a aprendizagem por preguiça ou por burrice, entretanto, existem inúmeras síndromes, transtornos e dificuldades de aprendizagem que se dão a partir de um funcionamento cognitivo comprometido. Alguns comportamentos ou atrasos no desenvolvimento também são justificados após uma avaliação neuropsicológica.

Soyane Marcato / Neuropsicóloga


A avaliação é indicada em casos de:
• Transtornos ou dificuldades na aprendizagem;
• Transtornos no humor;
• Dificuldades na socialização;
• Transtornos alimentares;
• Transtorno do déficit de atenção e hiperatividade;
• Atraso cognitivo e mental;
• Síndromes genéticas;
• Distúrbios de comportamento;
• Doenças neurológicas;
• Transtorno do Espectro Autista (TEA);
• Outras doenças neurológicas.


Soyane também aponta que quando o problema é detectado precocemente e a intervenção é imediata, maiores são as chances da criança desenvolver um repertório comportamental e cognitivo dentro do esperado para as crianças da mesma faixa etária.  


Soyane Marcato
Neuropsicóloga - CRP 08/19884
Rua Antônio Ostrenski, 3818 Zona I - Umuarama
(44) 99919-7728
Facebook | Instagram
WhatsApp (clique aqui) 


Qual sua especialidade?
Publique seu conteúdo aqui na editoria Papo de Especialista do Portal da Cidade.
Ligue (44) 3056-5231 ou fale conosco pelo WhatsApp (44) 99910-0138


Todas as informações e opiniões contidas neste artigo, seja em texto ou em vídeo, são de total responsabilidade de seus autores e não expressam, necessariamente, as posições do Portal da Cidade.

Fonte:

Deixe seu comentário