Portal da Cidade Umuarama

alergologista

Alergias alimentares: quais as mais comuns, os sintomas e como evitá-las

Alimentos podem causar reações alérgicas graves e algumas são manifestadas tardiamente, saiba como identificar os sintomas

Postado em 22/12/2020 às 14:30 |

Dra. Beatriz Corrêa atende na Allergo Care - Clínica de Alergia e Imunologia (Foto: Valmir Pessoa/Portal da Cidade Umuarama)

A alergia alimentar é uma das queixas mais comuns relatadas pelos pacientes que procuram o médico alergologista. Ela é uma reação do organismo em relação à alguma proteína presente no alimento, o corpo identifica a substância e como resposta, tenta combatê-la, provocando os sintomas. Há mais de 170 alimentos considerados potencialmente alergênicos, entre os mais comuns, podemos citar o glúten, leite, castanhas e frutos do mar por exemplo.

Em geral, as pessoas acreditam que se não desenvolveu alergia a determinado alimento na infância, está livre desse problema quando adulto. Essa é uma concepção errada, pois as alergias alimentares, apesar de em sua maioria costumar mesmo surgir durante a infância, pode ser manifestada também quando adulto.

Sintomas

Como forma de combater a substância identificada, o organismo produz quantidades excessivas de anticorpos, provocando reações como coceiras, urticária (manchas vermelhas na pele) e angioedema (inchaço das partes moles). Estes são os sintomas “visíveis”, manifestados em nossa pele, mas há outros também bastante desconfortáveis para paciente, como vômito, dor abdominal e diarreia ou sintomas respiratórios, caracterizados por coceira no nariz, espirro, tosse, falta de ar e chiado no peito.

É possível evitar ou reduzir os sintomas?

Muitas alergias tem origem em predisposição genética, como a alergia a camarão, por exemplo. Em geral, o paciente alérgico precisa aprender a conviver com os sintomas e evitar ao máximo voltar a ingerir o alimento. Alguns medicamentos como os anti-histamínicos não combatem a causa da alergia, mas podem auxiliar a reduzir desconforto e aliviar os sintomas.

O importante, é obter o diagnóstico através do teste de alergia alimentar e sempre manter o cuidado em relação aos produtos consumidos. É indicado sempre ler rótulos dos alimentos para se certificar de que eles não contêm um ingrediente alérgico e ao se alimentar em restaurantes e reuniões sociais procurar saber todas as opções do cardápio que não contenham aquele alimento que pode lhe desencadear uma reação alérgica.

Dra. Beatriz Helena Corrêa
Alergologista CRM 11.181 | RQE 20.034 

Allergo Care - Clínica de Alergia e Imunologia
Avenida Rio Branco, 4332
Zona I - 87501-130 - Umuarama 
Facebook | Instagram | WhatsApp
(44) 3622-6393 | (44) 9980-2800


Qual sua especialidade?  
Publique seu conteúdo aqui na editoria Papo de Especialista do Portal da Cidade. Ligue (44) 3056-5231 ou fale conosco pelo WhatsApp (44) 99910-0138      

Todas as informações e opiniões contidas neste artigo, seja em texto ou em vídeo, são de total responsabilidade de seus autores e não expressam, necessariamente, as posições do Portal da Cidade. 

Fonte:

Receba as notícias de Umuarama no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário