Portal da Cidade Umuarama

emocional

Uma crise conjugal nem sempre deve ser o fim do relacionamento, diz psicóloga

Com o isolamento social, muitos casais estão com os nervos à flor da pele. Entenda alguns pontos e avalie se uma crise pode ser definitiva

Postado em 07/07/2020 às 16:00 |

A psicoterapia é recomendada para pessoas de todas as idades. Agende um horário (Foto: Arquivo Pessoal)

Por mais grave que seja, uma crise matrimonial não precisa significar o fim do relacionamento. Se o casal estiver disposto a mudar, e procurar meios adequados, é possível superar as dificuldades e fortalecer a relação. 

O primeiro passo é aceitar que algo está errado e precisa ser solucionado. Em seguida, invista em um bom diálogo. Evite acusações, faça um exame de consciência e tente reconhecer seus erros e o que é possível fazer para melhorar. Tente lembrar dos momentos felizes que passaram juntos, olhe as qualidades, não dê ênfase aos defeitos. Lembre-se: tudo na vida requer esforço e dedicação, no casamento não é diferente. Se existe o desejo de melhorar as coisas, sempre haverá algo a ser feito. 

Outro ponto a ser avaliado é o respeito. Em um casamento, para que o relacionamento seja saudável e duradouro, o respeito é imprescindível. Não podemos esquecer da confiança, se não houver confiança no seu casamento, será muito difícil ele sobreviver.

Se esta confiança estiver abalada por alguma situação que ocorreu entre vocês, não desanime, é importante que procure ajuda profissional para restabelecer essa confiança. 

Pratique o perdão, ele ajudará a superar os obstáculos. Evite trazer a tona erros do passado. Ter essa atitude para ferir o seu cônjuge não é uma boa ideia. 

Fortaleça a intimidade, crie estratégias para chamar a atenção do seu cônjuge. Invista em momentos a dois.

Em alguns casos não bastam as boas intenções. A orientação de um profissional da psicologia poderá ajudar a ver o assunto de outro ângulo.

Quando estamos com problemas, limitamos nosso campo de visão e com a orientação adequada evitamos tomar decisões precipitadas ou errôneas.

Invista em uma terapia de casal, isso ajudará no diálogo e na qualidade do relacionamento.

Clique para iniciar uma conversa via WhatsApp e agendar sua avaliação

Mary Segatti  
Psicóloga - CRP 08/08979  
Atua com avaliação psicológica, acompanhamento psicoterapêutico em crianças, adolescentes e adultos, ludoterapia infantil e orientação vocacional.     
Pç. Hênio Romagnoli, 3800 - Ed. Centro Comercial – Sala 103
(44) 99916 5930   
Instagram | Facebook | WhatsApp   


Qual sua especialidade? 

Publique seu conteúdo aqui na editoria Papo de Especialista do Portal da Cidade.

Ligue (44) 3056-5231 ou fale conosco pelo WhatsApp (44) 99910-0138   


Todas as informações e opiniões contidas neste artigo, seja em texto ou em vídeo, são de total responsabilidade de seus autores e não expressam, necessariamente, as posições do Portal da Cidade.

Fonte:

Receba as notícias de Umuarama no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário