Portal da Cidade Umuarama

Luto

Sasahara foi responsável por transformar Umuarama em celeiro de campeões

Com projeto social, atleta atendia 80 crianças carentes, proporcionando esperança de um futuro melhor a todas

Postado em 19/08/2019 às 15:37 |

Diego Souza Siqueira, Lorena Lohaine Alves Lira e Rayane Alves da Silva, atletas campeões do Projeto 'Anjos do Tatame', e abaixo, o mestre Tomeya Sasahara (Foto: Divulgação)

Umuarama perdeu na manhã desta segunda-feira (19), em um grave acidente de trânsito na Rodovia BR-277, em Palmeiras (PR), o mestre em jiu-jitsu e judô, Tomeya Sasahara, de 41 anos. Com a mesma determinação demonstrada nos tatames, o mestre de artes marciais criou e coordenava há sete anos o Projeto Social 'Anjos do Tatame', que atende 80 crianças carentes, entre quatro e 12 anos, que residem no Parque Industrial.

Como não poderia ser diferente da realidade esportiva brasileira, com pouco apoio, o atleta mantinha o projeto, que pelos seus resultados deve ser respeitado e exaltado. Além de dar uma opção de lazer, dignidade e ensinamentos de disciplina, foco e capacidade de superação diante de qualquer obstáculo, o projeto transformou jovens em campeões de destaque.

Em entrevista ao Portal da Cidade de Umuarama, no último dia 1º, o atleta destacou os desafios para manter o projeto e acima de tudo, os bons resultados obtidos. “Já perdi muita criança para o tráfico de drogas, e costumo dizer que elas são de quem chega primeiro, mas felizmente o 'Anjos do Tatame' está propiciando esperança de um futuro melhor para essa criançada”, destacou o mestre, na ocasião.

Com recursos próprios, o atleta treinou e levou muitos jovens atendidos pelo Projeto Social 'Anjos do Tatame' a várias competições nacionais. O esforço trouxe esperança para crianças que antes não tinham qualquer expectativa de futuro e ainda ajudou Umuarama a se transformar em um celeiro de campeões de artes marciais.

Destaques não faltam para enaltecer o trabalho de Sasahara. Com ele a atleta Rayane Alves da Silva, de 12 anos, se tornou campeã mundial de jiu-jitsu. “Ela já foi campeã mundial, regional, paranaense e brasileira. Ao todo, ela já tem 50 medalhas”, revelou orgulhoso professor. Diego Souza Siqueira, de 15 anos, é outro atleta que com o apoio do mestre, conquistou o vice-campeonato mundial de jiu-jitsu em 2018. Lorena Lohaine Alves Lira, de 11 anos, também é outro destaque dos 'Anjos do Tatame'. Ela foi vice-campeã mundial de jiu-jitsu neste ano.

Sasahara, que era faixa preta em jiu-jitsu e judô, com graduação no Japão, e campeão de MMA, coordenava as atividades da Academia Gracie Barra – Carlos Gracie Jr. – na Capital da Amizade. O mestre de artes marciais também era vice-presidente da Associação Vida e Solidariedade, que se despediu do amigo com mensagem em sua rede social:

Hoje com grande dor,

Hoje com grande choro....

Hoje com um aperto e um buraco sem tamanho comunicamos a morte de nosso mestre Tomeya, mais que um professor, mais que um voluntário, alguém da família Vida e Solidariedade. Se foi, nos deixou.....

E hoje, o que nos resta é sua lembrança, seu exemplo de força e coragem..... Que Deus venha nos dar força para vencer esse momento, pois é triste saber que não vamos mais poder contar contigo.

Além do treinamento, Sasahara realizava campanhas para arrecadar brinquedos ou alimentos em datas especiais, como Páscoa e Natal, para a família das crianças do Projeto Social 'Anjos do Tatame', que nesta segunda perderam seu mestre, mas não os seus ensinamentos, que, com certeza, vão durar pelo resto de suas vidas.

Projeto 'Anjos do Tatame' depende do apoio de patrocinadores para continuar revelando talentos

Além de treinamentos, projeto arrecada brinquedos e alimentos em datas especiais para as crianças

80 crianças moradoras do Parque Industrial fazem parte do Projeto 'Anjos do Tatame'

Tomeya Sasahara coordenava o 'Anjos do Tatame' com a determinação de atleta

Acidente

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a colisão envolveu o veículo Ford/Fusion, placas de Icaraíma (PR), onde estava Tomeya Sasahara, a sua namorada, Erika Bortot Soares, de 32 anos, e também a nutricionista Diná Taeko Moriyama Enokida, de 41 anos, e um caminhão, placas de Palmeira (PR).

Informações coletadas pela PRF no local do acidente, a partir do depoimento do condutor do caminhão e análise dos vestígios, apontaram que o motorista do Fusion, o mestre de artes marciais, teria perdido o controle da direção e bateu a lateral direita do veículo contra a frente do caminhão. Com o impacto, os três ocupantes do automóvel, morreram no local. Os corpos foram retirados das ferragens com a ajuda do Corpo de Bombeiros e depois encaminhados à sede do Instituto Médico Legal (IML) de Ponta Grossa.

O motorista do caminhão, de 52 anos, e o passageiro, de 35 anos, saíram ilesos. Um teste do etilômetro foi realizado ao condutor, mas apontou resultado negativo para o álcool. A Criminalística também esteve no local para coletar informações que vão ajudar a apurar as causas do acidente. A pista ficou parcialmente interditada.

Tomeya Sasahara, de 41 anos, e sua namorada, Erika Bortot Soares, de 32 anos, morreram no acidente

A nutricionista Diná Taeko Moriyama Enokida, de 41 anos, também morreu no acidente 



Fonte:

Deixe seu comentário