Portal da Cidade Umuarama

recomeço

Imigrante realiza sonho da casa própria e traz filhas do Haiti para Umuarama

Esperancia Dorismond deixou as filhas em Porto Príncipe para buscar oportunidades de trabalho no Brasil. Após seis anos, tem sonho realizado

Postado em 23/02/2021 às 05:13 |

Com simpatia e carisma, a imigrante tem conquistado a amizade dos umuaramenses (Foto: Valmir Pessoa/Portal da Cidade Umuarama)

Todo o processo burocrático para aquisição da casa foi executado pela Imobiliária Dimensão (Foto: Valmir Pessoa/Portal da Cidade Umuarama)

Há seis anos residindo na Capital da Amizade, Esperancia Juddy Dorismond, de 28 anos, teve uma difícil trajetória ao imigrar para o Brasil. Ela deixou as filhas no Haiti e decidiu conquistar uma vida melhor no Paraná, inicialmente morando em Cascavel. Seis anos depois de chegar em Umuarama, conquistou um dos sonhos mais cobiçados, até mesmo pelo brasileiros: o de ter sua própria casa.

No início, ela relembra, a adaptação não era fácil, havia a barreira da língua e a dificuldade de encontrar um emprego. “Vim para Umuarama pois em Cascavel não estavam contratando mulheres haitianas, apenas homens. Aqui encontrei emprego na Averama, que logo em seguida fechou as portas”, conta.

Novamente desempregada, começou a procurar em outros setores, mas precisava sempre de aplicativos e do apoio da tecnologia para conseguir se comunicar. Após seis meses de procura, algumas portas foram se abrindo, trabalhou seis meses em um motel e em alguns restaurantes.

Ainda insatisfeita com os trabalhos e já compreendendo melhor o português, encontrou oportunidade em uma sorveteria, na qual está até hoje e já foi promovida a gerente. "No início foi bastante difícil, eu falava apenas o Crioulo (língua falada no Haiti) e Francês, que são muito diferentes do Português do Brasil, mas muita gente foi me ajudando e, principalmente, tendo paciência com meu aprendizado", relembra.

Decidida a construir uma vida em Umuarama, mesmo com os documentos em dia, Esperancia conta que sempre morou de aluguel e com o sonho de ter a casa própria, encontrava dificuldade para financiar uma casa. “Fiz de tudo e procurei de diversas formas para fazer o financiamento da residência, até que encontrei a Imobiliária Dimensão. As meninas corretoras foram muito atenciosas e conseguiram aprovar meu financiamento, por isso sou muito grata”, diz.


Reencontro

Esperancia se declara apaixonada pela cidade e isso foi o que a motivou a comprar a casa e fixar-se aqui. Ela se diz encantada com os moradores, que todos sempre são muito simpáticos e receptivos com ela. “Eu amei viver aqui e após essa conquista, vou buscar minhas filhas, de 8 e 10 anos, no Haiti, em Porto Princípe, onde elas moram. Estou terminando de pagar as passagens, e a pandemia acabou atrasando um pouco os planos, mas se Deus quiser muito em breve elas estarão aqui comigo para morarmos na casa nova”, declara.

Para auxiliar no orçamento da casa, a imigrante está apostando na criação de uma loja online. Na Esperancia Store ela comercializa peças de moda feminina e as últimas tendências do mercado, acesse o perfil no Instagram ou Facebook para conferir. 

A loja é também uma forma de dar suporte no seu planejamento financeiro, já que, com a vinda das filhas, não poderá continuar em uma jornada de 12 horas de trabalho. 

Esperancia está bastante otimista com a nova fase, já com as crianças morando com ela e sua casa nova e construída: "sou muito grata a todos que me ajudaram e agradeço muito a Deus, que me deu forças pra lutar e continuar acreditando nesse sonho". 

As filhas de Esperancia, Princesse Dorismond, de 8 anos e Stephe Junie Clerval, 10 anos, que atualmente moram em Porto Príncipe


Fonte:

Receba as notícias de Umuarama no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário

Outras notícias