Portal da Cidade Umuarama

Criatividade

Vendedor chama atenção com padaria móvel em Umuarama

Com bom humor, criatividade e muita disposição, o umuaramense revende pães e bolos em sua motocicleta adaptada

Postado em 09/03/2018 às 19:04 |

São cerca de quatro bairros percorridos durante o dia, em cada, Amarildo escolhe um ponto estratégico (Foto: Portal da Cidade)

Em tempos de crise o que vale é a criatividade para se superar e ganhar um bom dinheiro. É o caso do vendedor ambulante Amarildo Alves, de 49 anos, que tem chamado a atenção dos moradores de Umuarama. 

Com bom humor, criatividade e muita disposição, o umuaramense revende pães e bolos em sua motocicleta adaptada. “Padaria ambulante do seu Antonio”, assim ele chama sua engenhosidade.

A motocicleta modelo Biz é adaptada com um suporte traseiro onde fica um baú, utilizado para armazenar os produtos, além de um som automotivo. “O pessoal além de comprar os produtos, curte uma música”, brinca o vendedor. De acordo com ele, a adaptação foi feita por um amigo.

Seu Amarildo (como é chamado), atualmente reside no conjunto Sonho Meu II junto com a esposa e mais três filhos. Ele conta que a padaria móvel é a única fonte de renda, já que a esposa está desempregada.

Mas, segundo o ambulante, graças a sua criatividade as vendas tem sido boas – o suficiente para manter a família. “Vendo cerca de 50 pães diariamente e graças a Deus o suficiente para manter a família”, conta.Os produtos são pegos em uma padaria da cidade.

O vendedor disse que mora em Umuarama há quatro anos, e que antes morava no distrito de Serra dos Dourados, onde trabalhava na lavoura. “Vim para Umuarama para achar um serviço melhor, e comecei a vender pão tem dois anos. Graças a Deus tem dado certo”, comenta.

São cerca de quatro bairros percorridos durante o dia, em cada, Amarildo escolhe um ponto estratégico, estaciona a motocicleta, liga o som e aguarda a clientela chegar. “É bem mais prático e o pessoal adora. Fico em cada bairro por 2h, e depois vou para outro”, finaliza.



Fonte:

Deixe seu comentário