Portal da Cidade Umuarama

Chuvas

Umuarama testa sistema de caixas para reduzir alagamentos em dias de temporal

Reservatório subterrâneo armazenará a água que exceder a capacidade de escoamento da rede de galerias pluviais

Publicado em 27/01/2023 às 17:34

A construção da caixa foi iniciada nesta semana por uma empresa prestadora de serviços do município, sob o terreno do Centro de Iniciação ao Esporte (CIE) do Sonho Meu (Foto: Assessoria)

Um novo sistema para evitar alagamentos em momentos de grande volume de chuvas está sendo implantado pela Secretaria Municipal de Obras no Conjunto Habitacional Sonho Meu. Trata-se de um reservatório subterrâneo para armazenar a água que exceder a capacidade de escoamento da rede de galerias pluviais. “Esta primeira unidade servirá para testarmos a eficiência do sistema, mas ele já é muito utilizado nos grandes centros e até fora do país”, disse o prefeito Hermes Pimentel.

O reservatório nada mais é do que uma grande caixa com paredes em concreto armado com 10 metros de comprimento por 2,5 metros de largura e três de altura, construída no subsolo e ligada à rede de drenagem pluvial.

“Apenas o fundo da caixa não é concretado. Ele recebe apenas uma camada de pedra ‘rachão’ para que a água acumulada vá se dissipando naturalmente para o solo. O sistema será acionado quando a rede de galerias ‘afogar’, ou seja, não conseguir dar vazão total à água nos momentos de chuva mais pesada, que geralmente são rápidos”, explicou o secretário de Obras, Gleison Alves de Andrade.

A construção da caixa foi iniciada nesta semana por uma empresa prestadora de serviços do município, sob o terreno do Centro de Iniciação ao Esporte (CIE) do Sonho Meu, próximo do cruzamento das ruas Graciliano Ramos com Manoel Antônio de Almeida. Após a conclusão, os resultados serão monitoradores para testar a sua eficiência.

“Dependendo dos resultados, poderemos utilizar esse sistema em outras regiões da cidade, onde a ampliação da rede de galerias pluviais exigiria investimentos vultuosos. Uma das possibilidades é a região central, onde hoje é praticamente inviável remover toda o asfalto, escavar e implantar tubos de grande dimensão entrelaçados com antigas redes”, lembrou o prefeito.

Pimentel citou com exemplo o baixadão da região central, compreendendo trechos das avenidas Brasil, Paraná e Castelo Branco, cortadas pela rua Governador Ney Braga. Apesar de toda a manutenção e limpeza de galerias realizada pelo município, em momentos de chuva muito intensa ainda ocorrem alagamentos próximo à agência do Banco do Brasil e na direção da Prefeitura.

“Caso as caixas de contenção se mostrem eficientes, poderemos no futuro implantá-las a partir do Bosque Uirapuru, nas imediações do Umuarama Country Club e até na avenida Flórida, captando o excedente de água das chuvas e eliminando os alagamentos nas proximidades do Banco do Brasil”, reforçou Pimentel. A caixa em construção do Sonho Meu tem capacidade aproximada de 75 m³.

Caso ela esgote sua capacidade, uma tubulação fará a descarga em outro ponto da rede de galerias pluviais. “Mas é necessário muita água para encher uma caixa desse porte, uma vez que o fundo dela é aberto e a drenagem é feita diretamente no solo”, completou o prefeito.

Fonte:

Receba as notícias de Umuarama no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário