Portal da Cidade Umuarama

decreto

Umuarama continua com comércio fechado até 5 de abril, anuncia prefeitura

Decisão foi tomada com base em recomendações de especialistas da área médica. Umuarama teve primeiro caso confirmado nesta sexta (27)

Postado em 28/03/2020 às 11:20 |

(Foto: Portal da Cidade Umuarama)

Um dia após a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) confirmar o primeiro caso positivo Covid-19 em Umuarama, o prefeito Celso Pozzobom utilizou o Facebook, por meio de uma live na manhã deste sábado (28), para informar a população sobre as medidas de enfrentamento que continuarão sendo adotadas pelo município. Clique aqui para conferir o vídeo na íntegra.

Pozzobom anunciou que o comércio deve permanecer fechado até o dia 05 de abril (domingo), prorrogando assim o período de isolamento imposto pelo Decreto 069/2020. “Essa foi uma decisão que tomamos com base em um diálogo com representantes e especialistas da área médica. Tivemos um debate proveitoso e entramos em um consenso, o de que precisamos nos disciplinar, com foco na prevenção”, informou.

Nesta sexta-feira (27), empresários e comerciantes realizaram um buzinaço pedindo a reabertura do comércio. O setor argumenta que seja impactado negativamente com o fechamento das lojas e paralisação de trabalhos, já nos próximos meses, com prejuízos até para o mercado de emprego.

O prefeito afirmou estar consciente das críticas, mas que seguirá firme na decisão. “Estamos no nono dia, de quinze, que estipulamos para o isolamento, então já percorremos mais da metade e estamos ainda nos acostumamos à essa rotina. Mas devemos pensar no cuidado e na saúde das pessoas acima de tudo”, afirmou o prefeito.

Pozzobom salientou ainda o alto poder de disseminação do vírus e lembrou a população da importância do distanciamento social. “Observamos já nesta sexta e hoje pela manhã que a população tem relaxado no combate ao vírus. Uma simples voltinha com a família pode colocar as pessoas em situação vulnerável”, alertou.

O chefe do executivo agradeceu ainda o apoio e dedicação das equipes e colaboradores municipais, que seguem trabalhando e mantendo os serviços essenciais em funcionamento.

Fonte:

Deixe seu comentário