Portal da Cidade Umuarama

Meio Ambiente

Prefeitura promete iniciar desassoreamento do Lago Aratimbó na próxima semana

Problema se arrasta há anos gerando descontentamento da população e frequentadores

Postado em 23/11/2021 às 18:43 |

O acúmulo de resíduos sólidos e sedimentos carreados pelos córregos que formam a represa ocorre em virtude da falta de galerias pluviais para drenar a água das chuvas para um ponto após o aterro (Foto: Assessoria)

O assoreamento do Lago Aratimbó - um problema que se arrasta há anos gerando descontentamento da população e frequentadores, sem uma solução - deve começar ser resolvido na próxima semana, segunda a prefeitura.

“Este é um dos principais cartões-postais de Umuarama, um ponto de encontro da comunidade que, em vez de encantar os visitantes, causa descontentamento, críticas e reclamações”, lamentou o prefeito em exercício, Hermes Pimentel.

O acúmulo de resíduos sólidos e sedimentos carregados pelos córregos que formam a represa ocorre em virtude da falta de galerias pluviais para drenar a água das chuvas para um ponto após o aterro.

“É uma situação incômoda que não podemos admitir. Mesmo que não seja possível uma obra definitiva, ao menos a manutenção e limpeza do lago deveriam estar em dia. É uma obrigação do município cuidar dos logradouros públicos”, afirmou o prefeito.

Durante visita na última segunda-feira, Pimentel reuniu os secretários municipais de Obras, Isamu Oshima, de Serviços Públicos, João Paulo dos Santos, e de Serviços Rodoviários, Osvaldo Borborema Marto, bem como o diretor de Meio Ambiente, Rubens Sampaio, e chefes de setor das secretarias para discutir um plano de ação voltado à limpeza do lago.

“O serviço envolve considerável volume de recursos. Serão cerca de 1 mil horas/máquina e 3 mil viagens de caminhão basculante para transportar os sedimentos, a serem removidos do leito com escavadeiras hidráulicas. O material será encaminhado ao aterro sanitário municipal e armazenado para cobertura de resíduos nas células de deposição”, explicou o secretário Isamu Oshima.

A previsão é que o trabalho seja iniciado já na próxima semana. “Vamos utilizar saldos de contratos vigentes e caminhões próprios para o transporte dos resíduos. A previsão é que, caso não ocorram chuvas fortes, o serviço seja executado em 30 dias, começando pela parte de baixo da passarela de madeira que une os dois lados da represa”, completou.



Querendo trocar de carro?
Acesse os classificados de veículos em Umuarama

Fonte:

Receba as notícias de Umuarama no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário

Outras notícias

Mais Lidas