Portal da Cidade Umuarama

EM OBRAS

Prefeitura melhora drenagem pluvial em rua do Parque Tarumã

Secretaria de Obras está implantando mata-burros para aumentar a captação de água da chuva na Rua Osvaldo Cruz, no Parque Tarumã

Postado em 14/03/2019 às 18:04 |

As obras devem ser concluídas na próxima semana (Foto: Tiago Boeing / PMU )

A Prefeitura de Umuarama está implantando mata-burros para aumentar a captação de água da chuva na Rua Osvaldo Cruz, no Parque Tarumã. A intenção é eliminar a ocorrência de alagamentos. Por vezes a enxurrada se acumula na via pública e a água chega a invadir quintais e residências de moradores do bairro. O trabalho começou na última quarta-feira, 13, e deve ser concluído na próxima semana, caso não haja atraso por conta das chuvas.

De acordo com o secretário de Obras, Planejamento Urbano e Projetos Técnicos, Isamu Oshima, serão construídos dois ou três dispositivos que cruzam a rua toda. “Vamos colocar grades de trilhos com um bom espaço para captar a enxurrada. Cada mata-burro, totalmente em concreto, tem duas bocas de lobo e canaliza a água para a tubulação existente na rua”, disse o secretário. A grade terá 1,10 metro de largura.

O prefeito Celso Pozzobom tem evidenciado esforços para melhorar a drenagem pluvial em diversos pontos de Umuarama. Desde o início desta gestão, quase todas as regiões da cidade receberam obras como recuperação e extensão de galerias pluviais, aumento na capacidade de vazão, reconstrução e limpeza de bocas de lobo, poços de visita e manutenção de tanques-pulmão, entre outros serviços.

Por conta do alto nível de impermeabilização do solo, grandes volumes de água são direcionados para as redes de galerias pluviais e às vezes a vazão não é suficiente. “Quando acontece algum rompimento, temos um efeito cascata na rede e grandes prejuízos, aumentando a incidência de erosão, danos no pavimento asfáltico e alagamentos – agravados por bocas de lobo entupidas. Por isso, é importante estar atento a este setor e realizar os investimentos necessários para melhorar o sistema de forma constante”, defendeu Pozzobom.


 

Fonte:

Deixe seu comentário