Portal da Cidade Umuarama

Bloqueada

Obra de reforço em drenagem pluvial interrompe o trânsito na Castelo Branco

Serão cerca de 400 metros de rede dupla sob a pista da avenida, além de ramais nas ruas Maranhão e Piauí e travessas cruzando o canteiro central

Postado em 13/01/2021 às 15:24

A obra faz parte de contrato que prevê o investimento de R$ 3 milhões no recapeamento de vias importantes da cidade, além de melhorias no sistema de drenagem pluvial em alguns pontos (Foto: Assessoria)

O trânsito na Avenida Presidente Castelo Branco precisou ser bloqueado, nesta terça-feira (12), para iniciar obras de ampliação e reforço na drenagem pluvial e eliminar um dos mais antigos pontos de alagamento da cidade, um problema recorrente em períodos de chuva forte.

Motoristas que cruzam a região central devem procurar rotas alternativas para desviar da avenida, entre o final da Parigot de Souza/ Flórida até a rua Maranhão (sentido Jardim Panorama). Nos próximos dias, o bloqueio será estendido até a Rua Piauí.

A obra faz parte de contrato que prevê o investimento de R$ 3 milhões no recapeamento de vias importantes da cidade, além de melhorias no sistema de drenagem pluvial em alguns pontos. 

Serão cerca de 400 metros de rede dupla sob a pista da avenida, além de ramais nas ruas Maranhão e Piauí e travessas cruzando o canteiro central para captar águas pluviais também no outro lado da avenida (sentido centro). O diretor de Obras da Prefeitura, Renato Caobianco, estima que serão necessários no mínimo 15 dias para a conclusão do serviço. “Neste período contamos com a compreensão dos motoristas e sugerimos que se evite transitar por aquela região”, disse. 

A alternativa para quem precisa seguir em direção ao Jardim Panorama ou à Avenida Tiradentes é desviar pela Rua Bahia ou pela Avenida São Paulo. Para acessar a pista sentido centro da Castelo Branco, no trecho interditado, os motoristas devem seguir pela Bahia e utilizar as vias transversais (avenidas Apucarana ou pernambuco e ruas Maranhão, Piauí).

Fonte:

Receba as notícias de Umuarama no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário