Portal da Cidade Umuarama

decreto

Liberado delivery para setor de alimentos até as 22h e aos domingos em Umuarama

Funcionamento de sistema de entregas aos domingos é válido apenas para restaurantes, pizzarias, lanchonetes e carrinhos de lanche

Postado em 10/07/2020 às 17:12 |

Delivery volta a funcionar aos domingos apenas para lanchonetes e restaurantes (Foto: Portal da Cidade Umuarama)

O prefeito Celso Pozzobom editou um novo decreto nesta sexta-feira, 10, alterando artigos do decreto municipal 082, que define regras para o funcionamento do comércio, da indústria e do setor de serviços em Umuarama, diante da situação de emergência em saúde provocada pela pandemia do coronavírus. Clique aqui para conferir o documento na íntegra.

O decreto municipal nº 180/2020 – que vale a partir da publicação, neste sábado, 11 – define que padarias, bares, sorveterias, confeitarias, cafeterias, docerias, conveniências, distribuidoras de bebidas alcoólicas e afins poderão abrir ao público somente de segunda a sábado até as 18h, podendo funcionar em sistema de drivethru e delivery até as 22h desses mesmos dias, não podendo funcionar aos domingos. 

No artigo 2º, determina que restaurantes, pizzarias, lanchonetes e carrinhos de lanche podem atender ao público de segunda a sábado também até as 18h, em sistema de drivethru e delivery até as 22h e aos domingos em sistema de delivery até as 22h. 

Outra mudança do novo decreto diz respeito às academias, onde as atividades esportivas serão permitidas em modalidades que não requeiram contato físico entre as pessoas para praticantes que tenham menos de 60 anos e que não sejam portadoras de doenças crônicas, cardiovasculares, diabéticas, hipertensas ou com a imunidade ou a saúde debilitada. As demais restrições estão mantidas, em especial a de espaçamento mínimo entre os usuários e a de quantidade máxima de pessoas conforme a área do estabelecimento. 

As adequações consideram parecer aprovado pelo Centro de Operações de Enfrentamento à Covid-19 (COE) Municipal, em reunião na última quinta-feira, 9, e acolhem parcialmente pedido de representantes do setor feito ao prefeito Celso Pozzobom em reunião com a diretoria da Aciu (Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Umuarama) e o Ministério Público, nesta semana. 

Pozzobom lembra que a publicação completa um ciclo de 14 dias em que três decretos foram editados com novas restrições e protocolos para o enfrentamento da doença, que teve a curva de confirmação de casos acentuada nas últimas semanas. 

“Estamos avaliando a situação dia a dia, estudando medidas e adequando processos para conter o avanço do vírus. Esses 14 dias são um período importante para considerarmos os avanços e estruturarmos os ajustes necessários”, disse o prefeito. Segundo ele, os resultados deste período serão levados à reunião do COE na próxima semana para que o órgão avalie se será possível flexibilizar mais algum setor, ou horários. 

“Temos a firme esperança de que a população vai atender aos nossos pedidos e reforçar as medidas preventivas, evitando aglomerações, mantendo o distanciamento social e aumentando o isolamento domiciliar, além do uso de máscara e da higienização constante. Os números precisam melhorar para que possamos adotar horários mais flexíveis. O importante é que cada um faça a sua parte, desta maneira conseguiremos avançar no controle da pandemia em nossa cidade”, completou Pozzobom.

Fonte:

Receba as notícias de Umuarama no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário