Portal da Cidade Umuarama

Atenção

IBGE alerta a população de Umuarama que não envia link do Censo por WhatsApp

A gerência local do IBGE afirma que não haverá, de forma alguma, o recenseamento por meio de rede social

Publicado em 09/08/2022 às 10:00
Atualizado em

O Censo 2022 já foi iniciado em Umuarama no dia 1° de agosto (Foto: Portal da Cidade Umuarama/Eduardo Sebim)

Ao que se sabe até este momento, centenas de pessoas de Umuarama estão recebendo mensagens em seus aplicativos do WhatsApp, convidando o cidadão a responder a questionários, pesquisas e entrevistas a respeito do Censo 2022. Porém, a agência do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) local alerta que o não haverá, de forma alguma, o recenseamento por meio dessa rede social.

Segundo Paulo Cardozo Lavado, coordenador do IBGE, o Censo 2022 já foi iniciado em Umuarama no dia 1° de agosto e 67 profissionais recenseadores já estão a campo. “Neste ano haverá a possibilidade de o cidadão responder à pesquisa pela internet, mas funcionará da seguinte forma: primeiro o recenseador vai até a residência e se o morador optar por responder via internet, ele receberá um formulário oficial do IBGE com um link e uma senha. Mas nunca será enviada mensagem por whats pedindo ‘clique aqui’, ‘preencha o formulário’, ‘digite seu cpf’ ou algo do gênero”, garante.

O coordenador alerta ainda para que o cidadão que receber este tipo de mensagem, que jamais compartilhe nos grupos que tem com parentes e amigos. “Temos quase 70 profissionais já trabalhando em toda a cidade – inclusive na zona rural – e vamos contratar mais 30 dentro de alguns dias. Todos eles estão devidamente identificados e o nome pode ser consultado no site. Assim que abrir o site, já terá um banner onde se pode confirmar pelo número de matrícula, RG ou CPF do recenseador. Qualquer dúvida é só entrar em contato conosco aqui em Umuarama pelo telefone (44) 3622-1070 ou pelo 0800-7218181”, afirma Lavado.

Fonte:

Receba as notícias de Umuarama no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário