Portal da Cidade Umuarama

Vandalismo

Depredação do patrimônio público é prática frequente em Umuarama

Pontos de ônibus, carros do município, lixeiras e prédios públicos – inclusive escolas e postos de saúde –, costumam ser alvos de vândalos

Postado em 16/08/2019 às 17:30 |

Atos recentes de vandalismo atingiram a Estação Rodoviária, postos de saúde, espaços de lazer públicos e ponto de ônibus (Foto: Divulgação)

De acordo com a Prefeitura Municipal de Umuarama, o vandalismo é um tema recorrente para a administração. Por exemplo, na noite de terça-feira (13), parte do fechamento em vidro temperado de um ponto de ônibus na Avenida Tiradentes foi quebrado e os estilhaços ficaram espalhados pelo chão, oferecendo riscos aos usuários. O setor de Serviços Públicos providenciou a limpeza na quarta-feira (14) e o vidro será recolocado nos próximos dias.

“Algumas pessoas se esquecem que os bens públicos são adquiridos com impostos pagos pela população e são de uso comum, ou seja, de todos – inclusive das pessoas que praticam esses atos. Mais do que prejuízo ao município, a atitude mostra falta de respeito com o patrimônio público – que não é da Prefeitura, mas da população – e ainda oferece riscos aos usuários”, lamentou o prefeito Celso Pozzobom.

Além de pontos de ônibus, carros do município, lixeiras e vidros de prédios públicos – inclusive escolas e postos de saúde –, bem como a Estação Rodoviária, costumam ser alvos de vândalos. Por sorte, o número de casos não é tão alto na cidade. “Mesmo assim o vandalismo deixa suas marcas e prejuízos, exigindo o uso de recursos que poderiam ser direcionados para outras demandas e necessidades da população”, acrescentou o prefeito.

No caso dos pontos de ônibus, o município investiu cerca de R$ 400 mil na aquisição e instalação de 60 abrigos em diversas regiões da cidade. “O investimento busca para dar conforto e segurança aos usuários do transporte coletivo urbano, além de embelezar a cidade com modernas e bonitas estruturas. É uma necessidade de muitos anos que agora estamos suprindo”, apontou.

Os abrigos contam com cinco assentos em formato anatômico (um deles para pessoas obesas e outro para gestantes, pessoas com crianças de colo, mobilidade reduzida ou idosos). Eles são montados em estrutura de tubos galvanizados com fechamento em vidro temperado, cobertura em policarbonato, espaço publicitário e são identificados com o brasão do município.

Atos recentes de vandalismo atingiram os banheiros da Estação Rodoviária, a Unidade Básica de Saúde Bem Estar, o Bosque Uirapuru e lixeiras de praças.

Fonte:

Deixe seu comentário