Portal da Cidade Umuarama

Defesa Civil vai disparar alertas de tempestades por SMS a todos os municípios

Postado em 11/10/2017 às 13:47 | Atualizado hoje às 18:03

O serviço com mensagens de alertas passará a funcionar a partir desta segunda-feira (16) (Foto: AEN) (Foto: )

Curitiba – A Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil irá enviar a partir desta segunda-feira (16) alertas de eventos meteorológicos severos por mensagens de texto (SMS) a todos os 399 municípios paranaenses. O sistema foi desenvolvido pela Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil e começou a funcionar em junho, como projeto-piloto, em cinco municípios do Estado. O serviço estará disponível a todo o território nacional até março de 2018, iniciando pelo Paraná, Santa Catarina e São Paulo.

Para receber os alertas de ocorrências de chuvas de granizo, tempestades e vendavais, os usuários precisarão responder, com o número do seu CEP, a mensagem que será enviada pelas operadoras telefônicas entre os dias 16 e 20 de outubro. Caso não receba a mensagem, é possível se cadastrar enviando um SMS para o número 40199 com o CEP de sua residência ou de outros locais de interesse em qualquer período. Os usuários podem cadastrar quantos endereços quiserem.

O serviço, sem custo para a população, é feito em parceria com o Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad), Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e operadoras de telefonia móvel. “O sistema ainda está em fase experimental, mas até o final do ano já estaremos bem maduros”, explicou o coordenador executivo da Defesa Civil Estadual, tenente-coronel Edemilson de Barros. 

Atualmente, já são enviados alertas por SMS aos gestores municipais e à rede estadual de Defesa Civil, além dos cinco municípios que já tinham o serviço cadastrado. “Quando houver a confirmação de um evento meteorológico severo, iremos reportar para a toda a população. O importante agora é que as pessoas retornem o SMS que receberem das operadoras e fiquem tranquilas”, salientou Barros. “O nosso propósito é alertar situações que possam ocorrer, para que a população se prepare antecipadamente”, destacou.

Fonte: AEN

Deixe seu comentário

Mais de portaldacidade.com

Mais Lidas