Portal da Cidade Umuarama

Noroeste

Consumo de energia dispara com o calor na região de Umuarama

Primeira quinzena de janeiro teve a maior demanda de energia para o período nos últimos cinco anos. Ar-condicionado é um dos vilões

Postado em 30/01/2019 às 14:25 |

Os números refletem o crescimento no uso de aparelhos de ar-condicionado para combater o forte calor (Foto: AEN)

A onda de calor neste início de ano está provocando o aumento do consumo de energia no Paraná. Na primeira quinzena de janeiro a demanda total de energia foi a maior para o período nos últimos cinco anos, 2,4% a mais que em 2018. As regiões Norte e Noroeste, onde está Umuarama, apresentaram crescimento de 2,5%, a Centro-Sul 2,3% e a Região Leste, de 1,9%.

Os números refletem, principalmente, o crescimento no uso de aparelhos de ar-condicionado para refrigeração de residências e shopping centers, no comércio de rua e na indústria. “Com preços cada vez mais acessíveis, o uso destes equipamentos passou a fazer parte da rotina da maioria das famílias paranaenses”, disse o gerente de Inovação da Copel, Gustavo Klinguelfus. 

Dicas

Um aparelho de ar-condicionado ligado oito horas por dia chega a consumir 324 kWh no mês, algo como R$ 250 a mais na conta de luz (acesse tabela abaixo). Assim, é importante buscar o uso eficiente da energia elétrica sempre que possível. Conheça algumas dicas:

Regule o termostato do ar-condicionado para uma temperatura ambiente que proporcione conforto, sem excessos. Limpe ou troque os filtros periodicamente. Utilize cortinas e persianas e mantenha fechadas as portas e janelas nos ambientes durante o período de uso. E dê preferência aos equipamentos com Selo Procel, que indica uma boa eficiência energética.


Fonte:

Deixe seu comentário