Portal da Cidade Umuarama

Ajude

Campanha arrecada alimentos e produtos de higiene para moradores do Sonho Meu

Campanha "Sua solidariedade é um prato cheio" foi criada para ajudar famílias em vulnerabilidade social durante a pandemia do novo coronavírus

Postado em 03/04/2020 às 11:19 |

A intenção da campanha é de atender ao maior número possível de famílias em vulnerabilidade que moram no Sonho Meu (Foto: Arquivo Prefeitura de Umuarama)

A estudante de psicologia Luani Akemi Furyama, de 22 anos, iniciou, nesta semana, a campanha "Sua solidariedade é um prato cheio" para arrecadar, a princípio, alimentos não perecíveis e produtos de higiene pessoal para famílias em vulnerabilidade social que moram no Conjunto Habitacional Sonho Meu, em Umuarama, durante o enfrentamento ao novo coronavírus (Covid-19).

Gás e remédios

“Como muitas famílias estão sem uma renda fixa, a ideia inicial era arrecadar itens de necessidade básica, como alimentos não perecíveis e produtos de higiene. No entanto, estou recebendo várias queixas sobre a necessidade de gás e remédios, então doações de vale gás, remédio e valores em dinheiro estão sendo de extrema importância”, revelou a organizadora da campanha.

A ajuda é de todos

Apesar de ter iniciado a campanha, a estudante faz questão de deixar claro que a ação não é mais dela, mas de todas as pessoas que possam ajudar. Recorri a algumas professoras da Universidade Paranaense para me auxiliarem nesse processo, e assim consegui o número da Marisa Daniel, que é a representante dos moradores, e juntas estamos fazendo tudo que está ao nosso alcance para atender as famílias que mais precisam”, comentou a universitária.

Atender ao maior número possível de famílias

A intenção da campanha "Sua solidariedade é um prato cheio" é de atender ao maior número possível de famílias em vulnerabilidade social do Conjunto Habitacional Sonho Meu, por isso, toda ajuda é importante. “Muitos de nós temos o privilégio de poder ter um trabalho de carteira assinada e ter a certeza de que irá receber o seu salário no final do mês, ou então, simplesmente poder ter a certeza que o alimento não faltará, no entanto, muitas dessas famílias vivem um dia de cada vez”, destacou Akemi. 

Como doar

Para a doação, basta ligar ou enviar uma mensagem para a estudante pelo telefone (44) 98454 5885, que ela está realizando a busca dos produtos. A acadêmica também está tentando montar uma rede de pessoas que possam ajudar no recolhimento das doações, na higienização delas, e por fim, na entrega. Quem deseja se tornar voluntário da campanha também deve entrar em contato com Akemi.

Luani Akemi Furyama / Organizadora da campanha / Umuarama

Mudança de atitude

"Há realidades muito distintas às nossas em poucos quarteirões da nossa casa e precisamos dar visibilidade e voz às essas realidades. Espero que toda essa situação pela qual estamos passando possa trazer um pouco mais de humanidade para as nossas relações e que essa campanha possa ser uma forma de nos unirmos e estreitar essas relações com o outro"

Luani Akemi Furyama / Organizadora da campanha / Umuarama

Fonte:

Deixe seu comentário