Portal da Cidade Umuarama

Pandora

Cachorrinha que teve a pata amputada em 2017 continua para adoção na Saau

Na época, a entidade denunciou um servidor público da prefeitura de ter utilizado uma roçadeira à combustão para ferir o animal

Postado em 25/11/2021 às 13:58

A cachorra Pandora permanece na Saau em busca de um novo lar (Foto: Divulgação)

A Pandora, cachorra que teve a pata amputada em 2017, ainda permanece para adoção na Sociedade de Amparos aos Animais de Umuarama – Saau. Na época, a presidente da entidade, Ana Polaquini, denunciou um funcionário da prefeitura de ter provocado ferimentos graves na cadela com uma roçadeira à combustão.

A cachorra passou por cirurgia e precisou ter uma das patas amputadas em virtude do corte profundo. Os dois filhotes de Pandora já foram adotados, mas ela permanece em busca de um novo lar.

Em nota, a prefeitura de Umuarama informou que na época, o município criou uma comissão de sindicância e abriu procedimento administrativo sobre o caso. Ao final, após apuração dos fatos, análise do local, condições em que o incidente aconteceu e oitiva de testemunhas, a comissão concluiu pelo arquivamento dos autos por ter se tratado de um acidente de trabalho que poderia ter acontecido com qualquer servidor.

A prefeitura alega ainda que o trabalhador utilizava, na ocasião, óculos, protetor auditivo de plug (intra-auricular) e concha (externo) que atenuam a intensidade de ruídos (e eventuais latidos) e ainda havia o barulho intenso da roçadeira no momento do incidente.



Querendo trocar de carro?

Acesse os classificados de veículos em Umuarama

Fonte:

Receba as notícias de Umuarama no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário

Outras notícias