Portal da Cidade Umuarama

Umuarama

Após decisão judicial, Pimentel comenta: “Continuo meu trabalho normalmente”

“A decisão judicial que prevalecer será cumprida integralmente, mas até lá, para mim, as coisas continuam dentro da normalidade”, disse o prefeito

Publicado em 07/12/2022 às 07:21

A situação criada por uma nova decisão judicial, desta feita no âmbito do Tribunal de Justiça do Paraná, foi comentada por Hermes Pimentel (Foto: Portal da Cidade Umuarama/Eduardo Sebim)

A situação criada por uma nova decisão judicial, desta feita no âmbito do Tribunal de Justiça do Paraná, foi comentada pelo prefeito Hermes Pimentel. “Eu, particularmente, e a minha administração de forma geral, não temos porquê nos manifestar sobre essa decisão do TJ-PR, pois ela [a decisão] afeta diretamente o Poder Legislativo. Foram os vereadores que cassaram, por unanimidade, o mandato do prefeito Celso Pozzobom e se alguém tem que recorrer dessa decisão, é a Câmara Municipal de Umuarama”, disse o prefeito, com a segurança de quem está cumprindo seu papel.

Pimentel lembra que, em pouco mais de 15 meses à frente da Prefeitura, vem cumprindo todos os compromissos que assumiu com a população no dia em que assumiu o cargo (16 de setembro de 2021). “Concluí obras que estavam em andamento ou retomamos aquelas que estavam totalmente paralisadas, bem como tomamos iniciativas que eram aguardadas pela população já há algum tempo”, garante Pimentel.

A título de exemplo, ele mencionou a nova estação rodoviária, o aeroporto (notadamente o estabelecimento de linha aérea regular Umuarama-Curitiba), a conclusão da Escola Evangélica, o acesso ao centro pela avenida Portugal e a decisão de fazer a duplicação da rodovia que leva ao distrito de Serra dos Dourados/Icaraíma/Mato Grosso do Sul até o bairro Parque das Jabuticabeiras, além da abertura da pista marginal da avenida Ivo Sooma, em frente ao Centro Diocesano que estava travada havia anos.

O prefeito reafirmou que vai continuar exercendo normalmente seu cargo e cumprindo com suas obrigações, que sempre foram as de atender diretamente a população, notadamente aquela de menor poder aquisitivo. "A decisão judicial que prevalecer será cumprida integralmente, mas até lá, para mim, as coisas continuam dentro da normalidade e caso ocorra a volta do Celso para o cargo, vou permanecer como vice-prefeito até 2024”, garantiu.

Para finalizar seu raciocínio, Hermes Pimentel afirmou que Umuarama vem num processo de retomada do crescimento econômico que, segundo destaca, ocorre de forma gradual, mas consistente. "Isso vai contribuir, inclusive, para seguir com a política de promoção da justiça social, corrigindo distorções sociais ainda existentes no município", finalizou.

Fonte:

Receba as notícias de Umuarama no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário